Portal da saúde: como aceder aos serviços do SNS online?

Aceda aos tempos de espera no SNS, veja o seu plano individual de cuidados ou obtenha apps como a MySNS ou a STAYAWAY COVID.

O contexto atual de pandemia tem vindo a acelerar ainda mais a digitalização dos serviços online, nomeadamente na área da saúde. Para dar resposta às necessidades dos utentes e dos profissionais, o portal da saúde tem ganhado terreno no digital. Neste artigo, da autoria do ComparaJá.pt, damos-lhe a conhecer os serviços que o portal do SNS disponibiliza e explicamos como efetuar o registo na Área do Cidadão e aceder ao plano individual de cuidados.

 

O que é o portal da saúde?

O portal da saúde é, nada mais, do que o website do Serviço Nacional de Saúde (SNS). Este portal fornece informações institucionais sobre o SNS, bem como um vasto conjunto de serviços disponibilizado pelas instituições que integram o SNS e restantes entidades do Ministério da Saúde, direcionados a cidadãos e a profissionais, no sentido de responder às suas necessidades, mantendo a população informada sobre o setor da saúde em Portugal.

Que informações e serviços disponibiliza o Portal SNS?

Através do portal da saúde pode aceder a um conjunto de informações e serviços relacionados com este setor em Portugal, sendo estes:

  • Área da Transparência – Esta área do portal SNS disponibiliza indicadores sobre o setor da saúde em Portugal, organizados por categorias e palavras-chave, permitindo a sua visualização e descarregamento;
  • Saúde em Tempo Real – Nesta área consegue ter acesso a tempos médios de espera no SNS, dados sobre mortalidade e alertas sobre saúde, entre outros;
  • M.S – Esta área disponibiliza informação dos tempos de espera nas urgências, consultas e cirurgias;
  • SNS – Na área do SNS tem acesso a informação relativa a prestadores de saúde de forma georreferenciada e informações sobre a história e evolução do Sistema Nacional de Saúde;
  • Institucional – Através desta área pode consultar a lista das instituições do Ministério da Saúde;
  • Cidadão – Na área do cidadão é possível aceder aos seus dados pessoais e diversos serviços online;
  • Profissional – Esta área é dedicada aos profissionais de saúde, na qual é disponibilizada informação publicada no eProfissionaisSaude;
  • Apps de Saúde – Aqui, pode ter acesso a todas as aplicações disponibilizadas pelo SNS, sendo estas:
    • MySNS;
    • MySNS Tempos;
    • Dador.pt;
    • eMed.pt;
    • Dador CHVNG;
    • Dador S. João;
    • Stay away COVID.
  • Literacia em Saúde e Percursos de Vida – Esta área tem como objetivo a partilha de informação e conhecimento, de forma a fomentar a decisão informada da população, disponibilizando informação relativa ao Programa do Governo, respeitante ao reforço do papel do cidadão no sistema de saúde português.

Área do Cidadão do Portal SNS: o que é e para que serve?

A Área do Cidadão é um serviço disponibilizado pelo portal da saúde, que integra o Registo de Saúde Eletrónico (RSE), oferecendo um vasto conjunto de serviços, nomeadamente registo, monitorização e informação entre o utente, os profissionais de saúde e as entidades prestadores de cuidados do SNS, mediante autorização do cidadão nesta plataforma.

 

O que disponibiliza?

O portal da saúde fornece-lhe informações sobre os seus dados pessoais e resumo de saúde, dando-lhe acesso ao Sistema Integrado de Gestão de Acesso (SIGA).

Através desta plataforma pode ainda ter acesso ao plano individual de cuidados, cujo objetivo é apoiar e facilitar a gestão dos percursos e a integração de cuidados, sendo particularmente útil para pessoas com múltiplos problemas de saúde.

Para além disto, a Área do Cidadão permite-lhe aceder a benefícios SNS e serviços online, tais como a marcar consultas para o médico de família, pedir isenção de taxas moderadoras, registar testamento vital, consultar o boletim de vacinas eletrónico e a prescrição eletrónica, entre outros, contribuindo para a melhoria da prestação de cuidados de saúde.

Como fazer o registo no portal da saúde?

Primeiro de tudo, é importante salientar que o registo na Área do Cidadão do Portal SNS apenas pode ser feito de duas formas: através da Chave Móvel Digital ou do Cartão de Cidadão, com o respetivo PIN. Note ainda que, caso pretenda fazer a autenticação com o Cartão de Cidadão, tem de ter um leitor de cartões ou um computador que tenha essa funcionalidade.

 

1 – Fazer o registo no portal da saúde com Chave Móvel Digital

Para efetuar o registo na Área do Cidadão através da Chave Móvel Digital, deve seguir os passos abaixo:

  1. Aceda à Área do Cidadão do Portal SNS;
  2. Selecione a opção “Chave Móvel Digital”;
  3. Escolha o método através do qual pretende fazer a autenticação (email ou número de telemóvel) e clique em “Autorizar”;
  4. Introduza o número de telemóvel ou email e o código PIN (caso ainda não tenha mudado o código PIN temporário, a alteração será solicitada nesta fase);
  5. Introduza o código de segurança que foi enviado para o seu telemóvel ou email – tem 5 minutos para fazê-lo;
  6. Clique em “Confirmar” para finalizar.

 

2 – Registar-se com o Cartão de Cidadão

Se preferir fazer o registo no Portal SNS com o Cartão de Cidadão, deve ter consigo:

  • O Cartão de Cidadão com certificado digital válido;
  • Código PIN de autenticação do Cartão de Cidadão;
  • Leitor de cartões;
  • Acesso à internet;
  • Software para utilização do Cartão de Cidadão instalado e iniciado.

Reunidas todas as condições, para efetuar a autenticação, basta aceder à Área do Cidadão do Portal SNS, selecionar a opção “Cartão de Cidadão”, clicar em “Autorizar” e seguir os passos que vão aparecendo no ecrã.

A autenticação, através de Chave Móvel Digital como do Cartão de Cidadão, permite confirmar a sua identidade para aceder, de forma segura, à Área de Cidadão do portal da saúde.

Aplicações úteis do SNS

App MySNS

Para facilitar o acesso do utente ao Portal SNS, foi desenvolvida a App MySNS. Esta é a aplicação oficial do Serviço Nacional de Saúde, que funciona como extensão do portal, com o objetivo de permitir que o utente aceda aos serviços digitais de saúde através do seu smartphone.

Através do MySNS pode consultar notícias do SNS, aceder a informação relativa a instituições de saúde (Hospitais, Cuidados de Saúde Primários e Farmácias) e ainda consultar informação relativa ao Centro de Contacto SNS24 (Saúde24).

Para além do acesso a estes serviços, esta app também envia notificações, como por exemplo, alertas de calor, associadas à sua localização.

 

App STAYAWAY COVID

Devido à crise pandémica que o mundo enfrenta atualmente, o Sistema Nacional de Saúde desenvolveu a app SATAWAY COVID, cujo objetivo é identificar potenciais exposições a pessoas infetadas com COVID-19.

Esta aplicação funciona de forma muito simples: cada utilizador que tenha testado positivo pode inserir o código do seu teste na app. Depois da validação da Direção-Geral da Saúde (DGS), a aplicação alerta os outros utilizadores que tenham estado próximos do infetado, durante 15 minutos ou mais, sem revelar a sua identidade, bem como os seus contactos.

Quando não existem registos de contactos de proximidade com elevado risco de contágio, a página inicial da app apresenta uma cor verde, alterando-se para amarelo sempre que o utilizador tenha estado próximo de alguém a quem foi diagnosticada COVID-19.

Ler mais
Relacionadas

Ainda não tem o Cartão Europeu de Saúde? Saiba como obter para viajar sem preocupações

Já alguma vez viajou para o estrangeiro e precisou de cuidados de saúde no país onde estava? Sabia que com o Cartão Europeu de Saúde pode beneficiar do acesso ao serviço de saúde nos mesmos moldes que os cidadãos desse país? Neste artigo damos a conhecer este cartão, para que serve, como pode obtê-lo e ainda as vantagens associadas à sua utilização.

Seguro de oftalmologia: quais as coberturas incluídas?

Saiba em que consiste este seguro e que coberturas podem estar incluídas.

Seguros de saúde com parto incluído: saiba como funcionam

A cobertura de parte tem, regra geral, um período de carência mais alargado, pelo que se contratar tarde demais, pode não conseguir usufruir dos benefícios a tempo. Veja como funcionam estes seguros e que aspetos deve ter em consideração antes de subscrever.

Quer obter isenção de taxas moderadoras? Siga este guia

Para usufruir de cuidados médicos por parte do Serviço Nacional de Saúde (SNS) tem de pagar impostos, mas sabia que, em certos casos, pode ficar dispensado deste encargo? Saiba quem tem direito a isenção de taxas moderadoras e como pode pedir este benefício.

Baixa por gravidez de risco: como pedir?

Todas as mulheres grávidas que estejam em risco de prejudicar a sua saúde ou a do feto têm direito a um período de licença com um subsídio pago em dinheiro.

O que é a ADSE e quem são os beneficiários?

Descubra os benefícios deste sistema, quem podem ser os seus titulares e ainda como aceder à ADSE Direta.
Recomendadas

Orçamento de Natal: Não perca as contas às compras

São muitos os consumidores que na azáfama das compras acabam por perder a perceção ao que efetivamente podem gastar, só percebendo mais tarde, do verdadeiro impacto destes gastos no orçamento familiar.

Devo utilizar crédito para fazer compras de natal?

É fácil comprar usando o cartão de crédito ou contratando um crédito. No caso do empréstimo pessoal, este crédito é chamado de fácil aprovação, mas não é barato. As letras miudinhas, pouco claras, desincentivam a leitura dos contratos e dificultam (muito!) a explicação dos encargos elevados que terá de pagar. As palavras “custos” e “juros” estão sempre presentes, pelo que o consumidor deve pensar duas vezes antes de usar o cartão ou o crédito pessoal para fazer as compras de Natal.

Salários até aos 686 euros ficam isentos de IRS em 2021

Retenção de IRS começa para quem ganha mais de 686 euros. Alívio no imposto do próximo ano que reflete a redução as taxas de retenção na fonte do IRS no início de 2021. Medida abrange dois milhões de contribuintes e contempla uma redução média (e progressiva) de 2% nas retenções. Trabalhadores dependentes já podem calcular quanto irão descontar todos os meses.
Comentários