PortoBay e ISCTE criam prémio Paquete Oliveira

Prémio anual visa homenagear o jornalista e sociólogo madeirense pioneiro de estudos dos media em Portugal.

O Grupo PortoBay  e o Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE) decidiram criar, já para este ano letivo, o  prémio Paquete de Oliveira, numa homenagem ao jornalista  e sociólogo madeirense pioneiro de estudos dos media em Portugal.

A partir deste ano letivo,  a melhor tese de mestrado em Ciências de Comunicação será distinguida com este prémio anual, segundo estabelece o protocolo de cooperação assinado esta semana, em Lisboa, por Maria de Lurdes Rodrigues, reitora do ISCTE, e Bernardo Trindade, administrador do grupo PortoBay.

“O nosso objetivo é prestar homenagem a José Manuel Paquete de Oliveira que, enquanto professor e jornalista, muito se distinguiu na defesa das Ciências da Comunicação, da transparência e neutralidade nas informações e no respeito aos cidadãos e à democracia”, informou o grupo hoteleiro madeirense.

José Manuel Paquete de Oliveira faleceu em 2016, aos 79 anos. Foi diretor do Diário de Notícias da Madeira, provedor do leitor do Público e provedor do telespectador da RTP.

Recomendadas

Música e poesia juntas na Feira do Livro do Funchal

A Feira do Livro vai estar disponível na Avenida Arriaga até ao dia 2 de junho, com lançamentos de livros, encontros literários, concertos e teatros. Também há um espaço dedicado ao público infanto juvenil no Largo da Restauração.

Instalações florais vão decorar a cidade do Funchal até domingo

As Charolas em Flor, à entrada do Cais da cidade são a principal marca deste circuito e acabam por dar as boas-vindas a quem visita a ilha. Ao longo da Avenida e junto à Praça do Mar, a aposta incide num jardim ao vivo, sendo que, à entrada da Assembleia Legislativa Regional, lança-se um convite à interação do público.

PSD afirma que é preciso garantir que a Madeira continue bem representada na Europa

A candidata do PSD Madeira ao Parlamento Europeu disse que vai continuar a trabalhar para que se a continue a ter uma melhoria das condições económicas e sociais da Madeira.
Comentários