Portos da Madeira ponderam descer taxas portuárias

Número de passageiros e cruzeiros no Funchal tem diminuído, em consequência do reposicionamento de navios em mercados emergentes.

A quebra registada, nos últimos três anos, no número de navios cruzeiro e de passageiros pode vir a justificar uma descida das taxas portuárias no porto do Funchal.

Patrícia Bairrada, gestora comercial da Administração dos Portos da Região Autónoma da Madeira (APRAM), admitiu, esta quarta-feira, que o número de escalas no porto do Funchal tem caído, em consequência do novo perfil de passageiros e do reposicionamento de navios em mercados emergentes como o asiático.

A gestora comercial avança que estão a ser tomadas medidas para recuperar, entre 5 a 6 anos, as perdas registadas e que isso deve levar a uma agilização ao nível do tarifário como incentivo à procura pela Região.

Não obstante a atual conjuntura, Patrícia Bairrada considera que as perspetivas para os próximos anos são positivas, já que a construção de novos navios deverá reposicionar, em 2022, mais cruzeiros para a Região.

Recomendadas

Faça a leitura do seu contador de eletricidade para diminuir valor da fatura

A DECO deixa ainda um alerta sobre os consumos prescritos, pois o consumidor neste caso não é obrigado a pagar esses valores. Entende-se que um consumo está prescrito quando os valores cobrados correspondem a períodos antecedentes a 6 meses em relação à data de emissão da sua fatura.

Presidente do CDS-PP mantém confiança política no líder do CDS-PP Madeira

O líder do CDS-PP disse que mantém a confiança política em Rui Barreto, líder do CDS-PP Madeira, “na medida em que não foi cometida nenhuma ilegalidade”. No sábado Rui Barreto indicou ter colocado à disposição o cargo de secretário da Economia, no governo PSD/CDS-PP, e disse ter “a confiança política da direção do CDS-PP, assim como a confiança política do presidente do Governo da Madeira [Miguel Albuquerque]”.

Parque Ecológico do Funchal conta com novo percurso pedonal

O novo percurso tem uma extensão de 2,2 kms e faz a ligação entre a Ribeira das Cales e a Levada do Barreiro.
Comentários