Portugal apresenta hoje participação na Expo Dubai 2020

O evento deverá contar com a participação do secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias; do presidente da AICEP, Luís Castro Henriques; e do Comissário-geral de Portugal para a Expo 2020 Dubai, Celso Guedes de Carvalho.

Foto panorâmica da cidade Dubai

A participação portuguesa na Expo Dubai 2020 será apresentada publicamente durante a manhã de hoje, dia 14 de janeiro, no auditório José Mariano Gado, no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa.

O evento deverá contar com a participação do secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias; do presidente da AICEP, Luís Castro Henriques; e do Comissário-geral de Portugal para a Expo 2020 Dubai, Celso Guedes de Carvalho.

“A participação prevista de 180 países e 25 milhões de visitantes, 70% dos quais estrangeiros, torna a Expo 2020 Dubai numa excelente oportunidade para promover Portugal, a sua diversidade, língua e carácter universalista”, destaca um comunicado da AICEP.

O mesmo documento acrescenta que “a participação portuguesa na Expo procura contribuir para o aprofundamento das relações políticas, económicas e culturais entre Portugal, os Emirados Árabes Unidos e os restantes países da região”.

O presidente da AICEP irá apresentar umas notas introdutórias, enquanto Eurico Brilhante Dias irá fazer o enquadramento da participação portuguesa na Expo Dubai 2020 nas políticas de internacionalização da economia nacional.

O comissário da participação portuguesa, Celso Guedes de Carvalho será o responsável da apresentação “Portugal. Um mundo num  país”, conceito que vai comandar toda a presença na Expo Dubai 2020.

A Expo Dubai 2020 decorrerá entre 20 de outubro deste ano e 10 de abril de 2021.

 

Ler mais

Recomendadas

OE2021: “Tempos de implementação” do ‘IVAucher’ serão objeto de avaliação específica

O ‘IVAucher’ é uma das soluções desenhada pelo Governo para estimular o consumo em três dos setores com quebras significativas na atividade em consequência da pandemia de covid-19, prevendo-se que a totalidade do IVA pago pelos consumidores nas despesas em hotéis, restaurantes e atividades culturais realizadas num trimestre, seja abatido em consumos realizados nos mesmos setores no trimestre seguinte.

FMI: “Medidas de apoio são essenciais para garantir o crescimento a médio prazo” na Europa

Diretor do Departamento Europeu do FMI defendeu que os países europeus “têm de fazer o que for preciso para conter a pandemia”, mas também que os países devem ter planos para o médio prazo. Recordou a importância de políticas no apoio à liquidez das empresas, bem como de assegurar que as empresas insolventes, mas viáveis, podem continuar ativas.

Futuro da água, advocacia de negócios, vinhos de Portugal e muito mais: conheça os Especiais do JE em novembro

Os cadernos Especiais e os Suplementos do Jornal Económico são produtos multiplataforma – em papel, online e vídeo – que combinam jornalismo de qualidade com potencial comercial e chegam a uma audiência superior a um milhão de leitores e telespectadores, que compram a edição em papel ou visitam o nosso site todos os meses.
Comentários