Portugal com a 3ª maior subida de preços das casas na União Europeia

Os preços da habitação aumentaram, no segundo trimestre, 4,3% quer na zona euro quer na União Europeia face ao período homólogo.

Os preços da habitação aumentaram, no segundo trimestre, 4,3% quer na zona euro quer na União Europeia (UE) face ao período homólogo. Portugal registou a terceira maior subida (11,2%) entre os Estados-membros, segundo a informação divulgada esta sexta-feira pelo Eurostat.

De acordo com o gabinete estatístico da UE, na comparação com os primeiros três meses do ano, no segundo trimestre os preços da habitação aumentaram 1,4% na zona euro e na UE.

Face ao período homólogo, entre abril e junho as maiores subidas do indicador observaram-se na Eslovénia (13,4%), na Irlanda (12,6%), em Portugal (11,2%) e na Hungria (10,4%), tendo sido registados dois recuos: na Suécia (-1,7%) e em Itália (-0,2%).

Comparando com os primeiros três meses do ano, as subidas mais significativas aconteceram na Eslovénia (4,2%), em Malta (3,2%), na Letónia e Roménia (3,1% cada), e a única baixa foi registada na Croácia (-0,2%).

Em Portugal, os preços da habitação subiram 2,3% do primeiro para o segundo trimestre do ano.

Relacionadas

Portugal está a meio da tabela de preços dos imóveis na Europa

De acordo com o portal imobiliário internacional Property Guide, Portugal encontra-se a meio da tabela num total de 38 países europeus. No nosso país o preço médio ronda os 3.830 euros/m2, valor abaixo da média da Europa situado nos 6.157 euros/m2.

Preço das casas em Portugal sobe 5,6% no terceiro trimestre

Os dados são de um estudo divulgado esta segunda-feira pelo Idealista, que revela todas as regiões do país assistiram a um aumento de preços em termos trimestrais, com exceção do Alentejo.
Recomendadas

Legislativas: Campanha oficial para eleições antecipadas começa este domingo

Além de PS, PSD, BE, CDU (PCP/PEV), CDS-PP, PAN, Chega, Iniciativa Liberal e Livre – partidos que conseguiram representação parlamentar nas legislativas de outubro de 2019 –, concorrem às eleições de 30 de janeiro outras doze forças políticas, num total de 21.

PremiumValorização da marca Açores pode “alavancar produtos nacionais”

Representante dos produtores açorianos lembra importância do sector na região, não só económica, mas também social.

Comissão Europeia proíbe utilização do aditivo alimentar dióxido de titânio a partir deste verão

O dióxido de titânio era utilizado para conferir a cor branca a muitos alimentos, deste pastas para barrar a sopas, molhos ou suplementos alimentares.
Comentários