Portugal foi o país da Europa que mais reduziu a dívida pública no segundo trimestre

Rácio de 121,2% do PIB mantém Portugal como o terceiro país com a dívida pública mais elevada da Europa, depois da Grécia e da Itália.

Flickr/LSE in Pictures

Portugal reduziu o rácio de dívida pública para 121,2% do PIB no segundo trimestre deste ano, o que representa a maior descida da Europa em comparação com o primeiro trimestre, segundo dados divulgados esta terça-feira pelo Eurostat.

O organismo de estatística europeu calcula que Portugal tenha obtido uma redução de 2,5 pontos percentuais neste indicador, entre o primeiro e segundo trimestre, o desempenho mais elevado nos 28 países da União Europeia.

Apesar da redução, Portugal manteve-se como o terceiro país da Europa com o maior rácio de dívida pública, a seguir à Grécia (180,2%) e a Itália (138%). Os mais baixos foram registados na Estónia (9,3%), no Luxemburgo (20,3%) e na Bulgária (20,4%).

Em termos agregados, a dívida pública na Zona Euro ficou em 86,4% – uma redução ligeira face aos 86,5% do trimestre anterior. Na UE28, o rácio desceu de 81,1% para 80,5%.

Recomendadas

Moody’s atribui ‘rating’ B2 com ‘outlook’ estável à TAP e ao empréstimo obrigacionista

Depois da Standard & Poor’s, é a vez da Moody’s iniciar a análise de ‘rating’ da companhia aérea nacional.

Preços dos passes da Área Metropolitana do Porto devem manter-se em 2020

A Área Metropolitana do Porto (AMP) revelou esta terça-feira que pretende manter inalterados os preços das assinaturas mensais Andante, em 2020, apesar da Taxa de Atualização Tarifária (TAT) de 0,38%.

Contratos públicos representaram 6,8 mil milhões de euros em 2018

Este estudo incide sobre todos os contratos públicos celebrados em 2018 publicitados no Portal Base até 30 de junho de 2019; não inclui compras públicas que não sejam registadas neste portal, nem os contratos que tenham sido publicados depois dessa data.
Comentários