Portugal regressa aos mercados na próxima quarta-feira

A 16 de junho haverá dois leilões de linhas de Bilhetes do Tesouro, a três e 11 meses, e um montante indicativo entre 1.000 e 1.250 milhões de euros.

Portugal regressa aos mercados no próximo dia 16 de junho com dois leilões de linhas de bilhetes do tesouro (BT), a três e 11 meses, e um montante indicativo entre 1.000 e 1.250 milhões de euros.

Segundo um comunicado da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP), serão realizados, no “próximo dia 16 de junho pelas 10:30 horas dois leilões das linhas de BT com maturidades em 17 de setembro de 2021 e 20 de maio de 2022, com um montante indicativo global entre 1.000 milhões de euros e 1.250 milhões de euros”.

Em 21 de abril, Portugal colocou 1.250 milhões de euros, igual ao montante máximo anunciado, em BT a três e 11 meses, com os juros a descerem face aos anteriores leilões comparáveis.

Segundo a página do IGCP na Bloomberg, a 11 meses foram colocados 800 milhões de euros em BT à taxa de juro média de -0,558%, inferior à registada em 17 de fevereiro, quando foram colocados 625 milhões de euros à taxa de juro média de -0,524%.

A três meses foram colocados nessa altura 450 milhões de euros em BT à taxa média de -0,599%, também inferior à registada em 17 de fevereiro, quando foram colocados 625 milhões de euros a -0,543%.

A procura atingiu 2.431 milhões de euros para os BT a 11 meses, 3,04 vezes o montante colocado, e 1.641 milhões de euros para os BT a três meses, 3,65 vezes o montante colocado.

Depois disso, em 19 de maio, Portugal colocou 1.750 milhões de euros, igual ao montante global máximo indicativo, em BT a seis e a 12 meses, com os juros a caírem para mínimos de sempre nos dois prazos.

Segundo a página do IGCP na agência Bloomberg, a 12 meses foram colocados 1.000 milhões de euros em BT à taxa de juro média de -0,536%, mínima de sempre e inferior à registada em 17 de março, quando foram colocados também 1.000 milhões de euros à taxa de juro média de -0,527%.

A seis meses foram colocados 750 milhões de euros em BT à taxa média de -0,571%, também inferior à verificada em 17 de março, quando foram colocados 500 milhões de euros a -0,554%.

Portugal paga taxas mais baixas para emitir mil milhões de euros a seis e 10 anos

Recomendadas

Bitcoin volta a cair e vale menos 46% do que o recorde de abril

Alguns analistas apontam para o facto de as autoridades norte-americanas terem conseguido recuperar grande parte do resgate pago pela Colonial Pipeline, em bitcoin, ao Dark Side, o grupo de piratas informáticos que atacou o software que gere o oleoduto da empresa, segundo a “Bloomberg”.

PremiumBolsas europeias renovaram máximos históricos

A última quinzena de maio e o início de junho trouxeram renovação de máximos na Europa, mas em Wall Street já se começa a ver a lateralização.

Wall Street fecha semana no ‘verde’ com recorde do S&P 500

As tecnológicas destacaram-se nesta sessão. Já a Tesla deslizou 0,07% para 609,71 dólares pouco depois de ter revelado o seu novo modelo S Plaid, uma versão de ponta do sedan desportivo.
Comentários