Portugal sem óbitos e 890 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

O número de vítimas mortais continua nos 17.037, enquanto o total de casos confirmados subiu para 854.522.

Portugal conta com um total de 854.522 casos confirmados de Covid-19, mais 890 face ao dia anterior, revela o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgado, esta quarta-feira, 9 de junho. O número de vítimas mortais do novo coronavírus no país é de 17. 037.

A DGS indica que atualmente existem 341.742 casos registados no Norte (mais 140), 120.282 no Centro (mais 61), 324.250 em Lisboa e Vale do Tejo (mais 591), 22.500 no Algarve (mais 27), 5.628 casos na Região Autónoma dos Açores (mais 25), 9.770 na Região Autónoma da Madeira (mais cinco) e 30.350 no Alentejo (mais 41).

Nas últimas 24 horas não se registaram mortos por Covid-19. Assim sendo, das 17.037 mortes, 5.357 aconteceram no Norte, 3.025 no Centro, 7.219 em Lisboa e Vale do Tejo, 363 no Algarve, 971 no Alentejo, 33 nos Açores e 69 na Madeira.

Atualmente existem 307 internados (mais onze), dos quais 70 estão em Unidades de Cuidados Intensivos (mais quatro) e 813.489 casos recuperados em Portugal, mais 525 do que os registados ontem.

Estão 388.614 homens e 465.515 mulheres infetados pelo novo coronavírus, sendo que existem 393 pessoas infetadas cujo género é desconhecido. Em termos de óbitos contabilizam-se 8.948 homens e 8.089 mulheres. Encontram-se em vigilância 27.078 pessoas, mais 385 que no dia de ontem. Registam-se 23.996 casos ativos, menos 365 do que na terça-feira.

A incidência a nível nacional é de 74,8 casos de infeção por Covid-19 por cada 100 mil habitantes e em Portugal Continental de 73,6 casos de infeção por cada 100 mil habitantes. O Rt a nível nacional está em 1.05 e em Portugal Continental é de 1.07.

 

Recomendadas

Zonas de jogo do casino Estoril encerram após Cascais juntar-se aos concelhos em alerta

O grupo Estoril Sol informa que, apesar do aumento das restrições, o auditório e os restaurantes do espaço estão abertos ao público.

Há mais de 150 casos da variante Delta em Portugal

A situação epidemiológica de Portugal caracteriza-se agora por uma “pressão crescente” nos serviços de saúde e “intensidade” na transmissão comunitária do vírus SARS-CoV-2. Região de Lisboa passará o limiar da incidência acumulada de 240 infeções por 100 mil habitantes em menos de 15 dias.

Variante Delta perto de se tornar dominante a nível global, alerta OMS

A variante detetada na Índia já representa mais de 90% dos novos casos no Reino Unido e em Moscovo. Em Portugal, as autoridades de saúde já alertaram para uma transmissão comunitária em Lisboa e Vale do Tejo, o que poderá justificar o aumento de novos casos.
Comentários