Portugal Space e Exército estabelecem parceria

O protocolo de cooperação foi assinado no arranque da maior competição mundial de universitários na área aeroespacial que junta em Ponte de Sor 19 equipas, de 13 países europeus.

A Agência Espacial Portuguesa – Portugal Space e o Exército Português assinaram um protocolo de parceria, no Campo Militar de Santa Margarida, assinalando o primeiro dia de lançamentos de foguetões, pelas equipas concorrentes ao European Rocketry Challenge – EuRoC.

A segunda edição da maior competição mundial de universitários na área aeroespacial arrancou esta quarta-feira em Ponte de Sor, com 19 equipas, de 13 países europeus. Portugal está pela primeira vez representado este ano, com uma equipa do Instituto Superior Técnico – IST.

Ricardo Conde, presidente da Agência Espacial Portuguesa – Portugal Space, recordou o caminho percorrido, desde janeiro de 2020, para trazer para Portugal a primeira edição europeia de uma competição aeroespacial, destacando o importante apoio dado pelo Exército nesta segunda edição, disputada por 20 equipas, 20 foguetões e 400 estudantes inscritos. Terminou desafiando: “espero ter também uma equipa do Exército inscrita em 2022”.

O brigadeiro-general Sérgio Augusto Valente Marques, comandante da Brigada Mecanizada, disse, por seu turno que “o Exército reconhece o elevado interesse desta colaboração com a Agência Espacial Portuguesa, bem como em explorar novas oportunidades com uma Entidade que é um motor de inovação em Portugal”.

Os lançamentos podem ser seguidos até dia 17 de outubro, “live streaming”, na página YouTube da Portugal Space – com janelas de lançamento entre as 14h00 e as 15h00 e entre as 17h00 e as 18h00.

Recomendadas

Cooperação entre a Universidade da Madeira e a China em destaque na conferência “Portugal-China Scientific Research Cooperation”

Este evento visa reunir investigadores portugueses e chineses, das mais variadas áreas científicas, com o intuito de apresentar o trabalho conjunto e abordar as relações sino-portuguesas particularmente no que diz respeito ao ensino superior e à investigação científica, desde o seu desenvolvimento inicial até às tendências atuais.

Professor da Faculdade de Medicina do Porto Rui Nunes defende ciência e tecnologia, “mas com rosto humano”

Rui Nunes, professor da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, defende que a Humanidade não pode ficar subjugada pela ciência e pela tecnologia nem pelas grandes plataformas tecnológicas.

Comissão Europeia. Expectativas de emprego na zona euro com novo máximo desde janeiro de 2018

O indicador do sentimento económico diminuiu em novembro na zona euro e na União Europeia, mas o das expectativas de emprego atingiu, em ambas, o nível mais alto desde janeiro de 2018, segundo dados da Comissão Europeia.
Comentários