Portugal suspende todos os voos de fora da UE, menos para países lusófonos e com forte presença da diáspora

Devido à diáspora e à lusofonia, Portugal vai manter as ligações aéreas com o Canadá, Estados Unidos da América, Venezuela e África do Sul, e todos os países lusófonos.

António Pedro Santos/Lusa

Portugal vai cancelar todos os voos com destino/origem em países de fora da União Europeia, a partir das 24 horas de quinta-feira.

A medida foi hoje anunciada pelo primeiro-ministro após uma reunião no ministério dos Negócios Estrangeiros.

“A partir das 24 horas de amanhã, estarão suspensos todos os voos internacionais para fora do espaço da União Europeia (UE) e de fora do espaço da UE para qualquer país da UE”, disse António Costa.

“As únicas exceções são os países extracomunitários onde há grandes comunidades portuguesas. Manteremos as ligações com o Canadá, Estados Unidos da América, Venezuela e África do Sul”, afirmou.

E também “manteremos as ligações aéreas para os países de língua oficial portuguesa. No caso conctreto do Brasil, as rotas são restringidas a Lisboa – Rio de Janeiro  e Lisboa – São Paulo”, ficando suspensos os voos para destinos turísticos.

“Não há voos de e para fora da UE,  as duas exceções têm a ver com a ligação com a forte comunidade portuguesa”, acrescentou.

Em relação aos casos dos EUA e de Cabo Verde, que decidiram suspender os voos com a União Europeia e com Portugal, estes serão retomados assim que estes dois países voltarem a fazer a ligação aérea com Portugal. “Da nossa parte não há qualquer restrição”, garantiu Costa.

Sobre os portugueses que ainda se encontram noutros países e que estão a tentar regressar sem sucesso, como no caso dos portugueses que se encontram nas Filipinas, o primeiro-ministro garantiu que “haverá maior esforço no repatriamento”, apontando que em alguns países “os serviços consulares [portugueses] estão encerrados” por estarem a vigorar “medidas de quarentena”, logo não prestando apoio aos cidadãos que precisam, tal como se queixaram à SIC Notícias alguns cidadãos portugueses que se encontram nas Filipinas.

Nestes casos, o primeiro-ministro aconselhou os cidadãos nacionais a ligarem para a linha de emergência Covid-19, do Ministério dos Negócios Estrangeiros: +351 217 929 755 ou através do email covid19@mne.pt.

“Esta linha de emergência para viajantes estará disponível em dias úteis, entre as 9h e as 17h, e, fora deste horário, será complementada pela atividade do Gabinete de Emergência Consular (GEC) em funcionamento 24 horas por dia”, segundo o Palácio das Necessidades.

Ler mais
Recomendadas

Empresa portuguesa desenvolve equipamento para criar quartos de pressão negativa

Tecnologia permite transformar quartos convencionais em quartos de pressão negativa para tratar doentes infectocontagiosos, bem como fazer a purificação do ar eliminando assim os vírus e bactérias e prevenindo a contaminação.

Santander Totta vai passar a pagar aos fornecedores a pronto pagamento

“Esta medida reforça o conjunto de outras que o Santander tem vindo a implementar para apoiar a economia e minimizar os impactos negativos provocados pela Covid-19, com especial foco na tesouraria e liquidez dos seus clientes”, referiu o Santander Totta.

Itália regista 760 óbitos nas últimas 24 horas e um aumento ligeiro no número de casos confirmados

As autoridades de saúde italianas reportaram no relatório desta quinta-feira mais 760 mortes nas últimas 24 horas, mais 33 vítimas mortais do que ontem.
Comentários