PremiumPortugal vai triplicar verbas para ação climática

Economia circular, mobilidade elétrica, telemedicina e aproveitamento da água estiveram em debate na cimeira das cidades do futuro.

A sustentabilidade foi o tema central da “Portugal Smart Cities Summit 2020”, que reuniu centenas de participantes, entre líderes políticos, gestores de multinacionais e empreendedores, de 22 a 24 de setembro, organizada pela Fundação AIP. As cidades inteligentes vão ser cada vez mais verdes.

Na abertura da cimeira, que contou com o Jornal Económico como media partner, com transmissão em streaming na plataforma JE TV, o ministro do Ambiente garantiu que o seu Ministério está “muito bem preparado” para o envelope financeiro que virá da Europa e que será canalizado para o Plano de Recuperação e Resiliência.

“Vamos passar de 3,3 mil milhões de euros para quase 10 mil milhões de euros de possibilidade de investimento, ou seja, vamos praticamente triplicar as verbas que vão ser canalizadas para a ação climática, ainda antes da opção das políticas portuguesas”, disse João Matos Fernandes, no evento que se realizou no Centro de Congressos de Lisboa.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Apple divulga iPhone 12 com 5G

A gigante tecnológica norte-americana está a apresentar esta terça-feira, num evento na Califórnia, os novos telemóveis e equipamentos da marca. Acompanhe os lançamentos aqui em direto.

PremiumDiretora-geral da AIP: “O digital permitiu-nos ter visitantes de todo o mundo”

A organização de feiras e conferências foi afetada pela pandemia, mas está a retomar. O Portugal Smart Cities Summit foi o primeiro evento híbrido da AIP, uma edição ‘especial’ com participação presencial ou digital, diz a diretora-geral.

“Pagámos um preço muito elevado pelo confinamento”, sublinhou ministro da Economia

“Estamos a falar de meios urbanos onde o uso das novas tecnologias nos permitem proceder a uma gestão muito mais eficiente dos recursos, a sermos capaz de reduzir o desperdício, melhor gerir a nossa atividade e oferecer melhores condições de vida às populações e de produtividade às empresas”, disse Pedro Siza Vieira na intervenção que encerrou a ‘Portugal Smart Cities Summit 2020’ que contou com o JE como media partner.
Comentários