Portugal Ventures lança três calls temáticas: mar, ambiente e agricultura

As calls temáticas têm como objetivo para colmatar uma falha de mercado e alavancar soluções para problemas ambientais e sociais.

A Portugal Ventures lança um novo desafio aos empreendedores para apresentarem projetos inovadores, de base científica e tecnológica, nas áreas da economia do mar, economia circular e energia e tecnologia aplicada à agricultura. As candidaturas estão abertas até 31 de outubro.

A Call Blue Economy é lançada em parceria com o Fundo Azul, permitindo assim o complemento do investimento da Portugal Ventures com linha de financiamento deste Fundo, sob a forma reembolsável.
Também a Call Green Economy e a Call AgroTech tiveram em conta as prioridades nacionais em matéria de ambiente e transição energética, agricultura, florestas e desenvolvimento rural.

Para Rita Marques, CEO da Portugal Ventures, “A colaboração com os organismos públicos destes setores em Portugal está alinhada com as prioridades governamentais na procura de sinergias entre as várias entidades do estado no sentido de complementarem as ofertas de financiamento que cada uma apresenta, e desta forma colmatar a falha de mercado existente no apoio e investimento para projetos nestas áreas temáticas.

No futuro é nosso objetivo a criação de fundos de capital de risco específicos para estas áreas, o que irá potenciar o crescimento de oportunidades e de posição do nosso país na resolução de problemas ambientais e sociais.”.

Recomendadas

CBRE quer conhecer mais empreendedores de imobiliário

A consultora quer trazer novas tecnologias às casas e edifícios. “Ainda não vimos grandes soluções para coliving”, admite Francisco Horta e Costa, diretor-geral da CBRE Portugal, ao Jornal Económico. Na edição de 2018 foram as portuguesas Alfredo, Spott e Infraspeak que se destacaram.

Portugal é o país da União Europeia com menos startups fundadas por mulheres 

Só 5% das startups nacionais foram fundadas por empreendedoras, de acordo um estudo da Comissão Europeia. Segundo a análise da Innoenergy, há poucas diferenças entre líderes. Sara Gonçalves é CEO e só sente diferenças de tratamento do outro lado do Atlântico.

Segunda edição do programa de aceleração Blue Bio Value tem 15 startups candidatas

Portugal é o país mais representado, com cinco das empresas que apresentaram projetos ligados à bioeconomia marinha.
Comentários