Português na direção da maior associação internacional de certificação

Pedro Matias, presidente do Instituto de Soldadura e Qualidade e ex-vice-presidente do IAPMEI, será o representante de Portugal na instituição que resulta da fusão das duas maiores associações internacionais do setor de testes, inspeções e certificação (TIC) de empresas.

Portugal vai integrar a direção (board of directors) da maior associação internacional do setor de teste, inspeção e certificação (TIC), instituições de inspeção e certificação. Pedro Matias, presidente do Instituto de Soldadura e Qualidade (ISQ), será o representante de Portugal na instituição que resulta da fusão das duas maiores associações internacionais de testing inpection and certification de empresas, “criando um gigante mundial neste setor”.

“Até agora, existiam duas entidades, a CEOC – International Confederation of Inspection and Certification Organisations e a IFIA – International Federation of Inspection Agencies. Com a fusão hoje [sexta-feira, 14 de dezembro] aprovada pelas assembleias gerais de ambas as organizações, é criada uma das maiores associações internacionais e Portugal será um dos membros do novo board of directors“, adianta um comunicado do ISQ.

Segundo esse documento, “o mercado mundial de organismos de certificação e inspeção é um mercado gigante onde grandes empresas como a SGS, Bureau Veritas, Intertek, Dekra, TUV, Eurofins, Applus e outras disputam um mercado mundial de serviços estimado em mais de 200 mil milhões de euros”.

“A nova associação agrega grande parte destas entidades e faz a ligação com os serviços das instituições europeias e da Comissão Europeia, associações empresariais, associações de consumidores e entidades de standards e acreditação e pretende dar ter uma voz mais forte para defender os interesses das empresas deste sector”, acrescenta o comunicado do ISQ.

“É preciso, cada vez mais, colocar portugueses em lugares chave a nível internacional e onde as decisões de hoje têm um enorme impacto na industria e na economia de amanhã. Com a“digitalização da economia, grande parte dos standards e da normas internacionais vão ser alteradas. É uma revolução o que aí vem”, assinala Pedro Matias, que foi vice-presidente do IAPMEI, administrador da Associação Portuguesa de Certificação e conselheiro do comissário europeu para a Investigação no âmbito do European Research Advisory Board.

O grupo ISQ tem mais de 1.400 colaboradores em todo o mundo (800 dos quais em Portugal), está presente em cerca de duas dezenas de países, possui 16 laboratórios acreditados e presta aproximadamente 250 serviços especializados a mais de 1.200 parceiros e clientes, tendo também participado em mais de 400 projetos internacionais de investigação e desenvolvimento.

Ler mais
Recomendadas

Grupo Vila Galé investe 3,5 milhões de euros em lagar no Alentejo

A empresa Casa Santa Vitória, do grupo Vila Galé, inaugurou este sábado um lagar para produzir os seus próprios azeites, no concelho de Beja, que implicou um investimento de 3,5 milhões de euros.

PremiumPortugal é considerado o berço internacional da inovação têxtil e do calçado

A aposta na internacionalização e no aumento das exportações só foi possível depois de mudança de paradigma: a indústria já não compete pelo preço, mas pelo que de surpreendente lança no mercado.

Espanha domina 70% das obras públicas na ferrovia nacional

O presidente da Associação de Empresas de Construção e Obras Públicas e Serviços (AECOPS), Ricardo Pedrosa Gomes, considera que a percentagem é “desproporcionada” e nota que “nunca existiu reciprocidade no mercado espanhol”.
Comentários