Portugueses entre os que têm o melhor nível de inglês do mundo

Portugal ocupa a 12ª posição entre 100 países a nível mundial e está em 10º lugar na Europa. Lisboetas, sadinos e portuenses são os que mais dominam a língua inglesa.

Os portugueses estão a falar, ler e escrever melhor na língua inglesa. Portugal está entre os países do mundo com o mais elevado nível de proficiência na língua inglesa, posicionando-se em 12º lugar num ‘ranking’ de 100 países e em 10ª posição na Europa.

O relatório de 2019 da EF Education First atribui a Portugal 63,14 pontos e uma classificação superior à do ano passado (19º lugar). No entanto, há diferenças entre as regiões portuguesas: os lisboetas, os sadinos e os portuenses têm mais capacidades no Inglês, enquanto os madeirenses têm as notas mais baixas. Para os Açores não existem dados disponíveis (ver abaixo).

A 9ª edição deste documento, divulgado pelo Fórum Económico Mundial, demonstra que apesar de os portugueses terem ficado bem na fotografia, as capacidades de domínio do Inglês estão a decair nos países europeus.

Entre as quatro maiores economias da zona euro (Alemanha, França, Alemanha, Espanha e Itália), só a Alemanha “fala bem Inglês bem, de acordo com o estudo da empresa sueca (que advém dos resultados dos testes que 2,3 milhões de fizeram na EF em 2018).

Sem surpresas, o ‘ranking’ fixa os países nórdicos no topo: Holanda (70,27 pontos), Suécia, Noruega e Dinamarca. Daí, conclui que existe uma ligação entre o nível de Inglês de um país e o seu sucesso em vários indicadores de desenvolvimento, como o rendimento e a produtividade.

Por outro lado, os países com o nível mais baixo de Inglês são o Camboja, o Uzbequistão, a Costa do Marfim, o Iraque, a Arábia Saudita, o Quirguistão e a Líbia (40,87 pontos).

Proficiência em Inglês por região (em pontos)

  • Lisboa – 64.50
  • Setúbal – 63.65
  • Porto – 63.65
  • Leiria – 62.63
  • Braga – 62.40
  • Aveiro – 62.17
  • Coimbra – 61.68
  • Santarém – 61.15
  • Faro – 59.49
  • Madeira – 57.95
Ler mais
Recomendadas

Yanis Varoufakis pede um dia de boicote à Amazon na Black Friday

“Ao boicotar a Amazon, está a fortalecer uma coligação internacional de trabalhadores e ativistas”, referiu o ex-governante grego. “A Amazon não é uma mera empresa nem uma mega empresa monopolista. É muito mais e muito pior do que isso. É o pilar do novo tecno-feudalismo”.

Assembleia da República vota provável prolongamento do Estado de Emergência a 4 de dezembro

Na próxima semana, o parlamento realizará três sessões plenárias – um na quinta-feira, dia 3 de dezembro, e dois na sexta-feira, dia 04, um de manhã e outro à tarde – e na semana seguinte dois plenários, marcando para dia 11 um debate setorial com um membro do Governo ainda a definir.

Agência Espacial Europeia lança contrato para primeira missão para remover lixo de órbita

A missão é encabeçada pela empresa suíça ClearSpace mas nela participam companhias da Alemanha, Suécia, Polónia, Reino Unido, Roménia, República Checa e as portuguesas Critical Software e Demios, com um valor total de 100 milhões de euros.
Comentários