Praias da Costa da Caparica vão fechar à vez em agosto para repor areias

O presidente da Associação Apoios de Praia Frente Urbana da Costa da Caparica lamenta a escolha da “péssima” data.

As praias da Costa da Caparica vão ser encerradas à vez em agosto devido à necessidade de repor os níveis do areal. A operação deve começar ainda no final deste mês, assim que a obra tiver ‘luz verde’ do Tribunal de Contas, de acordo com o “Diário de Notícias” (DN).

Em causa estão os trabalhos de colocação de um milhão de metros cúbicos de areia nas várias praias desta zona, o que obriga o bloqueio por períodos de cinco dias. Apesar de o calendário ainda não ser público, o DN refere que a praia do Tarquínio-Paraíso fecha a banhos entre 19 e 24 de agosto e antes são as praias da Saúde e Nova.

“O bombeamento de areia para terra só pode ser feita com uma ondulação abaixo dos dois metros e o vento também pode influenciar. Tem também que ver com as marés – a distância entre a baixa-mar e a praia-mar”, refere ao diário o presidente da Junta de Freguesia da Costa da Caparica, José Ricardo Martins.

Já o presidente da Associação Apoios de Praia Frente Urbana da Costa da Caparica lamenta a escolha da “péssima” data. “No nosso caso, temos de tirar tudo da praia do Tarquínio-Paraíso a 18 de agosto. O que fazemos? Não pagamos às pessoas essa semana?”, interroga-se Acácio Bernardo, ainda proprietário de um bar.

O enchimento das praias da Costa da Caparica com areia retirada ao largo e transportada para terra (por um tubo colocado num barco) foi anunciada em março pelo Ministério do Ambiente e custará 6,3 milhões de euros, sendo que este montante envolve financiamento comunitário.

Recomendadas

“Vandalização”: Presidente do Instituto Superior Técnico critica mural do Bloco de Esquerda

Arlindo Oliveira criticou o mural realizado pelo partido de Catarina Martins nos muros do campus da Alameda em Lisboa. “Será que a vandalização de património público consta no programa do Bloco de Esquerda?”

Cimeira da Ação Climática: o que vai ser discutido e quem vai estar presente?

A Cimeira da Juventude vai acontecer simultaneamente em Nova Iorque e vai incluir um fórum com diversas gerações onde os jovens vão falar diretamente com os principais líderes políticos mundiais.

Golas antifumo: Ex-adjunto de José Artur Neves é o terceiro arguido do processo

Francisco Ferreira foi constituído arguido neste processo a par do ex-secretário de Estado da Proteção Civil e do presidente da Proteção Civil.
Comentários