Preços das casas nos Estados Unidos registam maior aumento desde 2014

Este crescimento começou no mês de julho e ganhou mais força nos últimos meses de 2020, com os americanos a aproveitarem os baixos custos das taxas de empréstimos para comprarem habitações nas zonas sub-urbanas.

Phoenix, Arizona

Os preços das casas nos Estados Unidos registaram em dezembro de 2020 o maior aumento desde 2014, com uma subida de 9,2%, de acordo com informações divulgadas pela “Bloomberg” esta terça-feira, 23 de fevereiro.

Phoenix, San Diego e Seattle apresentaram os maiores aumentos nos preços, de acordo com um comunicado enviado à imprensa norte-americana. Na cidade do estado do Arizona o crescimento foi de 14,4% liderando todas as cidades pelo 19º mês consecutivo, enquanto na região oeste do país, verificou-se uma subida geral de 10,8%.

O mês de dezembro foi o quarto consecutivo em que os preços das habitações mais subiram desde 2014. Este crescimento começou no mês de julho e ganhou mais força nos últimos meses de 2020, com os americanos a aproveitarem os baixos custos das taxas de empréstimos para comprarem habitações nas zonas suburbanas.

“Estes dados são consistentes com a visão de que a Covid-19 encorajou potenciais compradores a mudarem de apartamentos urbanos para residências suburbanas”, refere Craig Lazzara, chefe de estratégia de investimento do índice da S&P Dow Jones Indices.

Recomendadas

PSD quer mexer na propriedade horizontal para facilitar administração de condomínios

Iniciativa social-democrata prevê alterar o Código Civil para facilitar a alteração dos títulos constitutivos dos condomínios, nos quais fica definida a permilagem de cada fração e a finalidade destinada a cada uma das frações do imóvel.

Americana Panattoni entra no mercado português com dois projetos logísticos em Lisboa

A empresa tem ao todo 190 milhões de euros para investir em dozes projetos logístico-industriais nos mercados de Espanha e Portugal.

VIC Properties conclui edifício Riverside “num ano marcado pelo forte interesse dos compradores nacionais”

Composto por 40 apartamentos, o projeto Riverside foi totalmente comercializado mesmo antes da sua conclusão, sendo que 65 % dos seus clientes são de origem portuguesa.
Comentários