Presidente da JSD-Lisboa declara apoio a Luís Montenegro

Alexandre Poço junta-se a Ângelo Pereira, Bruno Vitorino e Matos Rosa entre os apoiantes de Miguel Pinto Luz que se posicionam ao lado do antigo líder do grupo parlamentar contra Rui Rio.

José Coelho/Lusa

O deputado social-democrata Alexandre Poço, que é o presidente da distrital de Lisboa da Juventude Social-Democrata (JSD), declarou apoio a Luís Montenegro na segunda volta das eleições diretas para a presidência do PSD através da sua conta de Facebook. Junta-se assim a uma série de apoiantes da candidatura de Miguel Pinto Luz que, não obstante o silêncio do vice-presidente da Câmara de Cascais, decidiram colocar-se do lado do antigo líder do grupo parlamentar na disputa com o atual presidente do partido, Rui Rio, que foi o mais votado no sábado passado, ficando a centenas de votos da maioria absoluta que garantiria a sua reeleição.

“No dia 18 de Janeiro, votarei em Luís Montenegro, confiante na sua capacidade de agregação, de concretizar a necessária mudança no Partido Social Democrata e de dar esperança ao futuro do país”, escreveu Alexandre Poço, garantindo que é acompanhado nesse apelo ao voto pelos dez presidentes das concelhias da JSD de Lisboa Área Metropolitana.

Quanto à sua participação na campanha de Miguel Pinto Luz, que foi o terceiro mais votado na primeira volta apesar de ficar à frente em Lisboa Área Metropolitana e em Setúbal, Alexandre Poço escreveu que esteve “com convicção e alegria ao lado de Miguel Pinto Luz na sua jornada pelo futuro do PSD e do país”. ”Fizemos uma campanha bonita, com ideias e soluções, que engrandeceram o partido”, acrescentou.

Alexandre Poço junta-se no apoio a Luís Montenegro na segunda volta das diretas, que irá decorrer no próximo sábado, a figuras ligadas à candidatura de Miguel Pinto Luz, como o presidente da distrital de Lisboa Área Metropolitana, Ângelo Pereira, o presidente da distrital de Setúbal, Bruno Vitorino, ou o diretor de campanha, Matos Rosa.

Recomendadas

PS avança com voto de condenação formal de André Ventura por xenofobia contra Joacine

A líder parlamentar do PS anunciou hoje que vai propor na Assembleia da República uma condenação formal do deputado do Chega, André Ventura, por “xenofobia”, depois deste ter sugerido a deportação da deputada do Livre Joacine Katar Moreira.

OE2020: ‘coligação negativa’ para descer IVA da eletricidade ganha força e faz tremer Governo

O PSD e PCP estão disponíveis para negociar com o BE. Dizem que um eventual apoio a propostas semelhantes de outros partidos não deve ser “diabolizado” e não seria “nenhuma coligação circunstancial ou negativa”. O BE diz que não desiste da redução do IVA da eletricidade para a taxa mínima, mas deixa em aberto uma eventual negociação com o PSD e PCP. PS garante estar empenhado contra “coligações negativas”.

Iniciativa Liberal responde a “taxa Netflix” do Bloco com fim de todas as taxas de televisão

Proposta de alteração à proposta do Orçamento do Estado para 2020 também defende fim da contribuição audiovisual, que seria a consequência da privatização da RTP. E que na cultura “se deve incentivar a procura, ao invés de se dar subsídios à oferta, muitas vezes de forma pouco transparente”.
Comentários