Presidente da República lamenta morte de George Michael

Marcelo Rebelo de Sousa no site da Presidência da República: “É difícil não pensar no que George Michael nos podia ainda ter dado, mas pelo menos teremos sempre o que a vida dele nos deixou”

Em comunicado oficial no site da Presidência, Marcelo Rebelo de Sousa não quis deixar de comentar a morte inesperada do cantor de pop britânico, George Michael, aos 53 anos, no dia de Natal.

“Manifesto o meu pesar pela morte de George Michael, um artista e compositor versátil e talentoso, com uma longa carreira de inequívoca qualidade”, lê-se no comunicado.

“Tal como David Bowie e Prince, para mencionar apenas alguns que este ano nos deixaram, partiu demasiado cedo e de forma inesperada. É difícil não pensar no que George Michael nos podia ainda ter dado, mas pelo menos teremos sempre o que a vida dele nos deixou”, acrescentou o Presidente num comunicado que se traduz em mais uma iniciativa inédita.

George Michael (ex-vocalista dos Wham e depois cantor a solo) vendeu mais de 100 milhões de discos em 35 anos de carreira.

 

Recomendadas

Da direita à esquerda: perspetivas dos partidos sobre encerramento das escolas

O PSD defende o encerramento das escolas, assim como o PAN e o CDS. O Iniciativa Liberal alerta para as responsabilidades que o executivo de Costa terá de assumir em caso do fecho dos estabelecimentos de ensino. PCP acredita ser ser “importante que as crianças e jovens tenham a escola a funcionar”.

Marcelo defende que escolas devem “fechar o mais cedo possível”

Apesar de apontar efeitos demolidores para os estudantes, Marcelo Rebelo de Sousa defende que as escolas devem fechar o “mais cedo possível”, disse hoje ao Observador.

Proposta do PAN para impedir deputados de ter cargos em clubes ou federações gera dúvidas no Parlamento

Projeto de lei do PAN que visa impedir os deputados de ter cargos em clubes ou federações desportivas profissionais foi debatido no Parlamento, na quarta-feira. A proposta devia ter sido votada, mas os restantes partidos levantaram dúvidas. Projeto baixou novamente à comissão para reapreciação.
Comentários