Presidente da República vai estar na Madeira para assinalar 600 anos da descoberta das ilhas da Madeira e do Porto Santo

“Há 18 anos que um Presidente da República não falava no parlamento regional aos madeirenses, aos porto-santenses e aos representantes do povo e isso, para nós, é uma honra”, salientou o Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira.

O Presidente da República vai estar presente na Sessão Solene da Assembleia Legislativa da Madeira para assinalar os 600 anos da descoberta das ilhas da Madeira e do Porto Santo, no próximo ano.

O convite foi dirigido, na passada segunda-feira, ao Chefe do Estado pelo Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, José Manuel Rodrigues, durante uma audiência de apresentação de cumprimentos. “Fiz o convite que desde logo foi aceite para o dia 27 de março do ano de 2020”, confirmou José Manuel Rodrigues à saída do encontro, no Palácio de Belém.

“Há 18 anos que um Presidente da República não falava no parlamento regional aos madeirenses, aos porto-santenses e aos representantes do povo e isso, para nós, é uma honra”, salientou o Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira.

Nesta audiência, José Manuel Rodrigues apresentou ainda ao Presidente da República aquilo que são alguns “assuntos pendentes” entre a Região e o Estado, como a “construção do novo hospital da Madeira, a questão da mobilidade aérea e marítima e outros assuntos que, naturalmente, são importantes para que haja uma ‘nova era’ no relacionamento entre a Região e o Estado”, disse.

José Manuel Rodrigues acredita que o “Presidente da República, dentro do seu ‘magistério de influência’, não deixará junto dos diferentes órgãos de soberania de dar uma palavra a favor desses interesses da Madeira e do Porto Santo”.

Recomendadas

Virus: segundo hospital para infetados criado na China dentro de duas semanas

O hospital terá capacidade para 1.300 camas, as quais se somarão aos 1.000 leitos previstos para o primeiro hospital para pacientes portadores do vírus que será construído em dez dias.

Vírus: Governo português reforça apoio a cidadãos de Wuhan e admite retirá-los

O Governo tem estado a estabelecer contacto com os portugueses, tendo identificado duas dezenas de cidadãos que são ali residentes ou que se encontram em visita à cidade de Wuhan.

Hong Kong declara estado de emergência devido a coronavírus

O país decidiu ainda manter encerradas as escolas primárias e secundárias durante as duas próximas semanas, depois das férias do Ano Novo Lunar.
Comentários