Privatizações de quase 200 empresas públicas angolanas concorrem para “aumento do emprego”

Segundo o governante, o ProPriv, que será implementado até 2022, será executado na “base de princípios e mecanismos que assegurem o maior rigor e a maior transparência na alienação” dos bens do Estado.