Produção média anual de azeitona no Alentejo deve continuar a aumentar nos próximos anos

O volume de produção de azeitona tem seguido a tendência do aumento das áreas de olival e da sua produtividade, tendo sido alcançados máximos dos últimos 20 anos em 2017 (858 mil toneladas em Portugal e 540 toneladas no Alentejo).

A área de olivais de azeitona para azeite, em Portugal, ao longo dos últimos 20 anos, cresceu, em média, à taxa de 0,2% ao ano. Na região do Alentejo, esse crescimento foi de 1,1%/ano. Entre 2010 e 2018, o crescimento de área no Alentejo foi de 7%, beneficiando do desenvolvimento das infra-estruturas de Alqueva, tendo crescido 5% em termos nacionais.

E tudo indica que o Alentejo vai continuar a liderar a produção de azeitona e de azeite. “A expansão da área de olival em Portugal ao logo dos últimos anos tem ocorrido essencialmente na região de Alqueva (Alentejo), com recurso ao regadio e à instalação de sistemas de olival intensivo e em sebe (olival super-intensivo)”, refere a AgroGes.

Pode continuar a ler o artigo aqui.

Recomendadas

Ricardo Serrão Santos é o novo ministro do Mar

Nasceu em Portalegre, há 65 anos e desde cedo se dedicou ao estudo dos oceanos e da biologia marinha. Era até agora investigador principal na Universidade dos Açores.

Estudo revela que poluição do tráfego marítimo pode vir a aumentar

A coordenadora do estudo garante tratar-se de um “cenário preocupante” que é urgente combater: “É muito importante colocar no terreno as medidas propostas pela investigação, algumas promovidas pela própria regulação europeia, sobretudo face ao contínuo e esperado aumento do tráfego marítimo”.

Inscrições para o Portugal Exportador já estão abertas

O maior evento de internacionalização realizado em Portugal é organizado pela Fundação AIP, em parceria com o Novo Banco e Aicep Portugal Global, e dirige-se às pequenas e médias empresas (PME) que estão a dar os primeiros passos no processo de internacionalização e que querem explorar e diversificar novos mercados de exportação.
Comentários