Projeto ‘TransforMAR’ recolhe 1,5 toneladas de material plástico em 14 praias

O projeto de verão promovido pelo Lidl Portugal, Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), Amb3E – Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos , Quercus e Agência Portuguesa do Ambiente (APA) recolheu 88 mil unidades de plástico.

O projeto ‘TransforMAR’ que ao longo deste verão andou por 14 praias portuguesas recolheu 88 mil unidades de plástico, o que correspondeu a cerca de 1,5 toneladas de material plástico e a quase 6.300 unidades recolhidas em cada praia, revelou em comunicado o Lidl Portugal, um dos promotores deste evento.

Este projeto foi também promovido pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), Amb3E – Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos, Quercus e Agência Portuguesa do Ambiente (APA), teve como objetivo sensibilizar os veraneantes para a importância de uma boa conduta ambiental na praia e para os princípios da economia circular, através da recuperação, reutilização, reciclagem e redução do desperdício de materiais plásticos.

Através da disponibilização de um depósito próprio, denominado como “plasticódromo”,  que esteve durante três dias em cada praia, foi possível uma recolha que não só garantiu praias mais limpas, como ajudou a promover um comportamento mais responsável por parte dos veraneantes, evitando que os resíduos plásticos acabassem no mar.

“Estamos muito satisfeitos com o resultado deste projeto. Este está totalmente alinhado com a nossa estratégia de escolhas responsáveis. Apostamos na promoção de processos que resultem na correta gestão dos resíduos e na promoção da economia circular, tendo a empresa já assumido o compromisso de reduzir o consumo de plástico em 20% até 2025 e anunciado o descontinuar dos artigos de plástico descartável do sortido, a partir de agosto deste ano”, afirmou Vanessa Romeu, diretora de comunicação corporativa do Lidl Portugal.

O projeto ‘TransforMAR’ através do Lidl Portugal abre agora portas às câmaras municipais que queiram receber este evento no verão de 2019. Para tal, basta candidatarem-se até 31 de dezembro, em inscricoes@lidl.pt.

Recomendadas

Noruega aprova plano de extração de cobre no Ártico, ”um dos projetos industriais mais nocivos ao ambiente”

Acredita-se que até 66 milhões de toneladas de minério de cobre estejam subterradas no solo em Kvalsund, em Finnmark, a região mais setentrional da Europa, no interior do Círculo Polar Ártico.

Catástrofes naturais custam à economia mundial 650 mil milhões. EUA responsável por dois terços do valor

Segundo a consultora Morgan Stanley, os Estados Unidos suportam grande parte dos custos, totalizando 415 mil milhões de dólares, ou seja, 0,66% do PIB norte-americano.

Colapso da barragem em Brumadinho contaminou pelo menos 305km de rio

Pelo menos 305 quilómetros do rio Paraopeba, no sudeste do Brasil, foram contaminados após a rutura da barragem em Brumadinho que causou 166 mortos e 155 desaparecidos, segundo um relatório divulgado por uma organização não-governamental.
Comentários