Proteção Civil: “Grande parte do incêndio em fase adiantada de rescaldo. Tarde vai trazer dificuldades”

Segundo a Proteção Civil, 90% dos incêndios florestais de Mação e de Vila de Rei estão em resolução.

EPA/CARLOS GARCIA

Os incêndios florestais em Mação e em Vila de Rei, que lavram desde o fim-de-semana, estão em fase de rescaldo, na sua maioria, segundo a Proteção Civil.

“A situação está consideravelmente mais favorável: 90% do incêndio esta em resolução. Uma grande parte do incêndio esta numa fase adiantada do seu rescaldo.”, disse o comandante operacional Luís Belo Costa, em conferência de imprensa esta terça-feira, 23 de julho.

“O incêndio ontem foi travado em zonas extraordinariamente difíceis. Os trabalhos durante a noite foram frutíferos: este trabalho foi feito com recurso a maquinaria pesada e forças apeadas”, explicou o responsável na conferência de imprensa na Sertã.

“Vamos ver se conseguimos que durante a manha terminemos esta tarefa e consigamos melhorar os resultados”, afirmou.

Para o dia de hoje, Luís Belo Costa alertou para as condições meteorológicas adversas. “O dia vai ser semelhante aos últimos dias com temperaturas muito elevadas. O vento vai intensificar a partir da hora de almoço. A tarde vai nos trazer dificuldades”, avisou o comandante para as dificuldades que as autoridades esperam enfrentar durante esta terça-feira.

O comandante explicou que as autoridades estiveram a delinear o plano de ação para as próximas horas “Estivemos a delinear plano de ação que passa por intensificar o trabalho com maquinaria pesada nestas frentes. Vamos intensificar as manobras nos 10% de perímetro que nos falta consolidar”, adiantou Luís Belo Costa.

Ler mais
Relacionadas

Incêndios: custaram 3,6 milhões de euros mas estavam ’em terra’ em período crítico. Porque estavam parados três helicópteros?

A Agência Nacional de Aviação Civil deu autorização para que três dos helicópteros Kamov possam voar e estejam disponíveis para o combate aos incêndios. A autorização foi dada depois de a empresa Heliportugal ter enviado hoje os restantes documentos que estavam em falta.

Portugal pede ajuda a Espanha para combater incêndios

Espanha disponibilizou “de imediato” dois aviões pesados anfíbios, sendo que estes deverão dirigir-se para o incêndio de Vila de Rei ainda durante esta tarde.

Helicópteros Kamov já podem voar com a autorização da ANAC

Após as críticas aos incêndios que atingiram diferentes localidades de Castelo Branco, a ANAC afirmou que os três helicópteros Kamov já podem voar para combater as chamas.

“Isto é que é triste, depois de horas em combate às chamas”. Reforço alimentar dos bombeiros alvo de críticas

Depois de uma noite a combater o incêndio em Vila de Rei, o primeiro reforço alimentar dos quase 1500 bombeiros que combatem os fogos de Vila de Rei foi uma sandes, uma maça e uma garrafa de água de 33 cl.
Recomendadas

Marega pede para ser substituído por cânticos racistas dos adeptos do Guimarães

O jogador do FC Porto Marega pediu hoje, ao minuto 71, para ser substituído do encontro com o Vitória de Guimarães, a contar para a 21.ª jornada da I Liga de futebol, por alegados cânticos racistas dos adeptos da formação vimaranense.

Morreu o ator e argumentista Tozé Martinho

O ator e argumentista Tozé Martinho morreu hoje, os 72 anos, no Hospital de Cascais, disse à Lusa fonte da família, devido a uma paragem cardiorrespiratória.

Covid-19: Dois novos casos suspeitos em Portugal

A Direção-Geral da Saúde informou hoje que há mais dois casos suspeitos de infeção pelo coronavírus Covid-19 em Portugal, após avaliação clínica e epidemiológica.
Comentários