Prozis Tech Maia vai representar investimento superior a 15 milhões de euros

Já está em curso o processo de recrutamento para a entrada imediata de 300 colaboradores, sobretudo nas áreas da programação e dos sistemas informáticos.

O Prozis Tech Maia, um novo centro tecnológico de investigação e desenvolvimento, com capacidade para mais de 1.000 colaboradores, vai representar um investimento superior a 15 milhões de euros.

Já está em curso o processo de recrutamento para a entrada imediata de 300 colaboradores, sobretudo nas áreas da programação e dos sistemas informáticos.

“A escolha da Maia obedeceu a rigorosos critérios de seleção, tendo sido decisiva na criação do ambiente favorável ao investimento, a intervenção do Presidente da Câmara, Eng.º António Silva Tiago, bem como do Maia GO, assim como o potencial da interação com o TecMaia”, de acordo com o comunicado da Câmara Municipal da Maia e a Prozis Group.

“O Prozis Group sentiu-se atraído por fatores que no entendimento global da sua organização, corporizada pela comunidade de colaboradores que integra, são essenciais à criação de um ambiente colaborativo inspirador e estimulante”, esclareceu a empresa.

O líder europeu na venda online de suplementos alimentares, a Prozis prevê chegar aos 1.200 trabalhadores no centro de I&D do grupo, a abrir na Maia, e criar mais 400 empregos com a construção de uma nova fábrica no seu pólo produtivo instalado na Póvoa de Lanhoso.

Relacionadas

Maia Go: intenções de investimento superiores a 300 milhões de euros

Gabinete municipal de apoio ao investimento e à dinamização económica, faz um balanço do trabalho desenvolvido. Os números indicam que a aposta municipal é uma estratégia de referência.
Recomendadas

China Three Gorges substitui representantes no “board” da EDP

Dingming Zhang como membro representante da China Three Gorges Corporation para (Vice-Presidente); Shengliang Wu da China Three Gorges International Corp; Ignacio Herrero Ruiz em representação da China Three Gorges (Europe) são os novos nomes propostos para o Conselho Geral de Supervisão.

Mestrados da Nova distinguidos pelo Wall Street Journal

Mestrados de finanças e de gestão da Nova SBE entre os melhores do mundo. A faculdade considera o resultado importante para impulsionar a marca no mercado norte-americano.

Central de energia da Mota-Engil no México recebeu primeira unidade de produção

A primeira fase deste projeto, com a entrada em produção prevista para junho de 2019, arranca com um investimento de 2.800 milhões de pesos (121 milhões de euros) para alcançar uma capacidade total de produção de 100 MW.
Comentários