PSD diz que a Madeira tem sido pioneira a nível nacional na aplicação de fundos comunitários

Para a candidata do PSD ao Parlamento Europeu, Cláudia Monteiro de Aguiar, a Europa tem sido “mais solidária e sensível” com a Madeira relativamente às suas necessidades do que o Estado português.

Para Cláudia Monteiro de Aguiar, candidata do PSD Madeira ao Parlamento Europeu, a Madeira tem sido pioneira na aplicação de fundos comunitários a nível nacional. Entre os exemplos estão as obras realizadas na área social como o projeto de requalificação do Bairro da Palmeira e o Centro de Inclusão.

A candidata social democrata, nas acções de campanha realizadas na passada segunda-feira, sublinhou que a Europa “consegue ser mais solidária e mais sensível” às necessidades da Madeira do que o Estado português. Cláudia Monteiro de Aguiar disse ainda que a região autónoma deve estar na “linha da frente em termos das políticas e respostas” na área social.

Cláudia Monteiro de Aguiar na sua visita ao Bairro da Palmeira salientou que esta obra prova que o projeto europeu “é solidário e também assente na área social”. A candidata social democrata afirmou que no Parlamento Europeu vai trabalhar que que os apoios na área social sejam não só reforçados mas também melhor direccionadas para aqueles que mais precisam.

Recomendadas

Atenção às excursões. O barato pode sair caro, alerta Deco

Se comprou um produto e vem a arrepender-se, tratando-se de um contrato celebrado fora do estabelecimento comercial – o consumidor tem direito a resolver o contrato nos 14 dias subsequentes (a contar do dia em que o consumidor recebe esse produto).

O que fazer quando um crédito “desaparece” da Central de Responsabilidades

No caso de o crédito “desaparecer” da CRC não significa que a dívida deixou de existir, sendo que o consumidor mantém a sua responsabilidade perante a obrigação. Esta situação poderá ocorrer aquando da cessão de crédito (venda da dívida a terceiros), a favor de uma entidade fora do sistema financeiro, pelo que esta passa a assumir a posição de credor.

PSD quer zona franca e registo de navios incluídos em estratégia atlântica

O deputado do PSD, Paulo Neves, afirmou que o Centro Internacional de Negócios (CINM) e o Registo de Navios (MAR) são de enorme importância para o país, e por isso deveriam ser prioritários para o Governo da República.
Comentários