Ultimato: PSD exige lista de Pedrógão e dá 24 horas ao Governo

Quantas pessoas perderam a vida em Pedrógão Grande e quais os critérios usados para a constituição desta lista? PSD faz ultimato ao Governo.

O PSD impôs hoje ao Governo a publicação da lista nominativa das pessoas que morreram na na tragédia de Pedrógão Grande, no prazo máximo de 24 horas. Além disso, o partido liderado por Hugo Soares quer que sejam explicados os critérios usados para a constituição dessa lista.

“O Governo tem 24 horas para tornar pública a lista nominativa das pessoas que perderam a vida na tragédia de Pedrógão Grande e de esclarecer quais foram os critérios”, disse aos jornalistas o líder da bancada parlamentar do PSD, Hugo Soares, em Lisboa, segundo a Lusa.

Hugo Soares não adiantou as medidas que o PSD tomaria caso o prazo de 24 horas não fosse cumprido pelo Governo, esclarecendo apenas que o partido vai “esperar pela reação do Governo”.

“Eu não quero acreditar que o senhor primeiro-ministro e o Governo estão a fazer gestão política da tragédia que assolou Pedrógão Grande”, concluiu.

 

 

Ler mais
Relacionadas

Pedrógão Grande: “Estão a ser sentidas dificuldades em obter informação”, revela APS

A Associação Portuguesa de Seguradores (APS) alega não conseguir aceder à lista oficial das vítimas mortais de Pedrógão Grande, apesar da ministra da Administração Interna ter afirmado, esta segunda-feira, a disponibilidade da mesma para as seguradoras.

PGR confirma 64 mortes e inquérito sobre possível 65ª vítima mortal do incêndio de Pedrógão Grande

“Face a notícias recentemente vindas a público relativas aos incêndios de Pedrógão Grande e ao respetivo número de vítimas”, a Procuradoria-Geral da República (PGR) esclarece que apenas “foram identificadas, até ao momento, 64 vítimas mortais.” Mas admite que podem vir a ser mais.

Ministra garante que governo “não tem lista secreta” das vítimas dos incêndios

Lista de empresária, que reuniu uma base de dados com as vítimas mortais do incêndio, já conseguiu confirmar 73 mortos dos mais de 80 nomes que listou. Ministra da Administração Interna diz que lista está em segredo de justiça e que Ministério Público, que certificou a lista, “é independente do Governo”.

Pedrogão: Seguradoras não conseguem pagar às famílias porque Estado mantém lista em segredo

A não divulgação da lista oficial de vítimas mortais pelo Estado está a bloquear a chegada de ajuda monetária às vítimas de Pedrogão. Luís Marques Mendes revelou na SIC uma queixa da Associação Portuguesa de Seguradores às autoridades. Nádia Piazza, presidente da futura associação de apoio às vítimas, vai pedir audiências ao Presidente da República e outras entidades.

Pedrógão Grande: Seguradoras pagam 18,8 milhões de euros em indemnizações

Associação Portuguesa de Seguradores alerta para o facto dos valores poderem subir, devendo esta informação ser considerada provisória.
Recomendadas

Portugal promove “soluções para impacto assimétrico da crise”, garante ministro das Finanças

“Chegámos a um acordo sem precedentes que permite a emissão de dívida europeia em larga escala para financiar a recuperação economia europeia através dos programas de recuperação europeus”, referiu João Leão depois da reunião do G20.

Autárquicas: CDS-PP diz que Carlos Moedas é “um nome forte” para lidar “coligação de centro-direita” em Lisboa

O presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, acredita que o ex-comissário europeu é “capaz de libertar os lisboetas do socialismo e oferecer à cidade uma mudança para o futuro”, impedindo uma nova vitória do PS nas eleições deste ano.

Primeiro-ministro: “É natural que o desconfinamento comece pelas escolas”

António Costa recordou esta sexta-feira Governo “resistiu” até à última hipótese ao encerramento das escolas por causa do entrave que implica no desenvolvimento e no processo de aprendizagem dos alunos.
Comentários