PSD reivindica a Pedro Nuno Santos resolução da mobilidade da Madeira

Os sociais democratas afirmaram que o anterior ministro Pedro Marques “não resolveu” o problema da mobilidade da Madeira, e que apesar da insistência do PSD, o governo central “assobia para o lado” relativamente a esta área.

O PSD afirmou que o ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, tem sete meses, para resolver o problema da mobilidade da Madeira, algo que Pedro Marques, o anterior ministro, não fez em 40 meses. O social democrata criticou ainda os resultados apresentados pela TAP e referiu que a Madeira ajudou a que companhia aérea tivesse menos prejuízos tendo em conta que é uma operação lucrativa.

Os sociais democratas apelaram ao executivo central que de “uma vez por todas” se resolva esta situação da mobilidade. A posição foi manifestada por Paulo Neves, deputado do PSD, na Assembleia da República, durante uma reunião com o presidente da Ordem dos Economistas.

Foi ainda dito por Paulo Neves que Pedro Marques “não resolveu” o problema da mobilidade da Madeira, e que relativamente a este assunto o governo central tem assobiado para o lado, apesar da insistência do PSD no sentido de melhorar as ligações com as regiões autónomas.

O deputado do PSD diz que Pedro Nuno Santos tem agora sete meses para resolver a situação, assegurando que o PSD vai ser “muito exigente” com o novo governante.

Paulo Neves pronunciou-se ainda sobre os resultados da TAP O social democrata lamentou sublinhou que a companhia aérea “apresenta prejuízo como um todo, mas com a apresenta lucro”, acrescentando que em contrapartida a empresa “dá é preços elevados e um mau serviço”.

O social democrata disse ainda não aceitar que a TAP corte a ligação com Caracas, na Venezuela, lembrando que o serviço público também se faz para as comunidades.

Ler mais
Recomendadas

Guia turística que sofreu acidente envolvendo autocarro turístico na Madeira publicou mensagem no Facebook

Neste momento, Carlota Mendes Gomes ainda está internada, já que foi ontem submetida a uma intervenção cirúrgica que “correu de acordo com o expetável”, informou o Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira (SESARAM).

Cláudia Monteiro de Aguiar quer mais apoios para renovação da frota pesqueira

A social-democrata recordou que o próximo quadro comunitário vai reforçar em cerca de 10% o fundo europeu para os assuntos marítimos, com cerca de 6 mil milhões de euros, e que o Governo da República tem já a possibilidade de aplicar 114 milhões nas duas Regiões Autónomas, sobretudo na segurança dos pescadores e na melhoria das condições de pesca.

PS quer comissão de inquérito para investigar relações financeiras entre Governo Regional e AFAVIAS

Em causa está um alegado pagamento antecipado de vários milhões de euros à empresa AFAVIAS, que terá contrariado o que estava estabelecido em várias portarias do Governo Regional, dizem os socialistas.
Comentários