PSI 20 acompanha Europa em alta no dia em que Theresa May anunciou demissão

Principal índice bolsista português soma 0,76%, para 5.096,27 pontos.

O principal índice bolsista português (PSI 20) soma 0,76%, para 5.096,27 pontos, em linha com as principais congéneres europeias esta sexta-feira, 24 de maio. A praça nacional recupera de duas sessões consecutivas de perdas, bem como os investidores nas principais praças da Europa reagem positivamente às declarações do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que disse que a guerra comercial entre Washington e Pequim. A demissão da primeira-ministra britânica, Theresa May, marcada para dia 7 de junho, também marca a sessão.

Em Lisboa, os títulos da Sonae SGPS (2,20%), da Mota-Engil (1,82%), da Pharol (1,22%), da EDP (1,78%) e da Altri (1,39%) impulsionam o índice.

A ajudar a performance nacional está a Galp, que avança 0,64%, para 14,05 euros, acompanhando a tendência do mercado petrolífero. Em Londres, o Brent, que é referência para Portugal, soma 1,18%, para 68,56 dólares, enquanto o WTI em Nova Iorque ganha 1,23%, para 58,62 dólares.

Do lado das quedas, destaque para os CTT cujos títulos caem 2,44%.

Nas principais praças europeias, a mais recente afirmação de Donald Trump sobre a guerra comercial anima os investidores. “Penso que as coisas com a China vão acontecer rapidamente, porque não consigo imaginar que possam estar satisfeitos com a saída de milhares de empresas do seu país para outros lugares”, afirmou Trump na quinta-feira, em declarações na Casa Branca.

Também o anúncio da demissão da primeira-ministra britânica, Theresa May, que abandonará o cargo no dia 7 de junho, marca a sessão.

[Dados das 10h16]

Ler mais

Recomendadas

Falta de liquidez é o principal fator que leva cotadas a abandonar a bolsa portuguesa, diz a OCDE

A OCDE sublinha que, nas últimas duas décadas, o número de empresas cotadas na bolsa de valores portuguesa diminuiu em dois terços, de 148 para 55, resultado de uma queda no número de novas listagens e um grande número de empresas que deixaram o mercado de ações através de cancelamentos de registo.

Juros da dívida portuguesa sobem a dois, a cinco e a 10 anos

Cerca das 08:30 em Lisboa, os juros a 10 anos avançavam para 0,582%, contra 0,571% na quarta-feira, depois de terem subido até 1,441% em 18 de março.

Bolsa portuguesa acompanha Europa em queda. BCP pressiona PSI 20

Após três sessões consecutivas de ganhos, o principal índice bolsista português (PSI 20) perde  0,86%, para 4.595,97 pontos, em linha com as principais congéneres europeia.
Comentários