PSI 20 acompanha Europa em queda. Semapa, Navigator e Galp pressionam praça portuguesa

Das 18 empresas cotadas do PSI 20, nove desvalorizam, quatro negoceiam em alta e três não têm variação.

O principal índice bolsista português (PSI 20) iniciou a sessão desta sexta-feira a perder 0,49%, para 4.348,62 pontos, em linha com as principais praças europeias. Das 18 empresas cotadas do PSI 20, nove desvalorizam, quatro negoceiam em alta e três não têm variação.

Os investidores do Velho Continente estão pessimistas com o facto do número de casos de confirmados de Covid-19 continuarem a aumentar, estabelecendo novos recordes de infeções, o que está a levar os Estados a assumir novas medidas de restrições. Os receios em torno da segunda vaga da pandemia estão a sobrepor-se aos avanços de uma vacina contra o novo coronavírus.

Na bolsa portuguesa, as quebras dos títulos das papeleiras Semapa (-1,85%) e Navigator (-0,95%), e da Galp Energia (-1,34%) lideram as perdas no PSI 20.

Ainda no setor da energia, os títulos da EDP Renováveis negoceiam em terreno negativo, caindo 0,45%, para 17,74 euros.

As quebras da Sonae (-0,63%), Pharol (-0,59%) e BCP (-0,53%) também estão a pressionar a bolsa nacional.

Recomendadas

Wall Street fecha a semana mista movida por quedas nas tecnológicas e energia

O Nasdaq fugiu às perdas do Dow Jones e do S&P 500, este último arrastado para baixo pela má prestação do sector energético e o Dow caindo pelos fracos resultados das tecnológicas IBM e Intel.

PSI-20 cai em linha com Europa. BCP lidera perdas

A sessão foi de queda nas bolsas europeias, no dia em o valor preliminar dos PMIs sinalizou uma degradação da atividade na zona euro em fevereiro, refletindo o impacto dos lockdowns, que levou a uma perda de momentum no crescimento do setor industrial e a um agravamento da contração nos serviços”, explica o analista de mercados do BCP.

Wall Street arranca última sessão da semana em baixa

Mercado está a reagir mal aos resultados da IBM e ao anúncio de a Intel passar a fabricar internamente os próprios chips. Petróleo está em queda em Londres e em Nova Iorque.
Comentários