PSI 20 cai mais de 1% e acompanha Europa em queda. EDP Renováveis pressiona bolsa

Entre as principais congéneres europeias, o alemão DAX cede 1,57%, o britânico FTSE 100 retrocede 1,75%, o francês CAC 40 recua 1,50% e o espanhol IBEX cai 1,30%.

A bolsa portuguesa negoceia esta terça-feira em terreno negativo, com o principal índice bolsista nacional (PSI 20) a cair 1,23%, para 5.111,30 pontos . O PSI 20 acompanha a tendência das principais praças europeias, que estão a ser influenciadas pelas perdas da última sessão de Wall Street.

Entre as principais congéneres europeias, o alemão DAX cede 1,57%, o britânico FTSE 100 retrocede 1,75%, o francês CAC 40 recua 1,50% e o espanhol IBEX cai 1,30%. Os investidores estão a corrigir posições e a vender títulos, uma vez que receiam que o preço elevado das commodities está sustentar receios sobre uma subida da inflação, tendo já levado o sector tecnológico a perder terreno.

Em Portugal, a tendência da sessão bolsista está a ser determinada pela EDP Renováveis, que está a perder 3% para 18,09 euros. Este é o último dia em que a EDP Renováveis está a descontar o dividendo.

As quebras da EDP (-1,93%), do BCP (-1,37%) e da Galp (-1,08%) também contribuem para o arranque negativo do PSI 20. Entre as cotadas destaca-se ainda a NOS, que desvaloriza 1,41% para 2,942 euros, no dia em que a telecom apresenta as contas do primeiro trimestre de 2021, após o fecho da sessão.

No mercado petrolífero, o Brent cai 0,79%, para 67,77 dólares, enquanto o WTI desliza 0,80% para 64,41 dólares. Os preços do petróleo estão em queda, depois de um ataque cibernético ter provocado o encerramento temporário da principal fornecedora de combustíveis para os EUA, a Colonial Pipeline.

No mercado cambial, o euro aprecia 0,08% face ao dólar, para 1,2138 dólares. Na relação com a libra, o euro aprecia 0,08% para 0,8591 libras. A libra aprecia 0,06% face ao dólar, para 1,4132 dólares.

Recomendadas

Fundos ESG ainda têm muito espaço para crescer em Portugal

No ano passado, a maioria das subscrições de fundos ESG foram feitas por pessoas singulares (99,2%), segundo os dados da CMVM, que mostram que as subscrições líquidas se revelaram nos quatro últimos anos, apesar de 2020 ter apresentado uma diminuição de 75% face a 2019.

Wall Street fecha em alta primeira semana de resultados trimestrais

O sector financeiro arrancou mais uma época de resultados trimestrais com lucros que superaram as expectativas do mercado, impulsionando os três principais títulos norte-americanos a ganhos na semana.

PremiumMinutas da Fed sinalizam ‘tapering’ em novembro

Reserva Federal norte-americana sinalizou início do ‘tapering’ no próximo mês. Inflação pressiona ações. Começou a apresentação de resultados nos Estados Unidos.
Comentários