PSI 20 em alta numa sessão onde títulos da EDP, Galp e CTT são o foco dos investidores

O PSI 20 está a subir na sessão desta terça-feira enquanto as principais bolsas europeias estão a negociar em terreno negativo.

Stringer/Reuters

O principal índice bolsista português, PSI 20, negoceia em terreno positivo esta terça-feira, 23 de abril, 0,29% para 5.375,07 pontos, quando as principais bolsas europeias estão em queda.

Em Lisboa, os principais destaques são as performances das empresas cotadas do grupo EDP, dos CTT e da Galp.

A EDP, cuja oferta pública de aquisição (OPA) por parte da China Three Gorges (CTG) deverá cair se o fim da limitação de votos for chumbada na próxima assembleia geral de acionistas, soma 0,09%, para 3,44 euros. Este comportamento dos títulos da energética surgem após a CTG ter emitido um comunicado na segunda-feira, 22 de abril, onde afirma que não renuncia à condição imposta para lançar a OPA – de que seja aprovada o fim da limitação de votos.

A EDP Renováveis acompanha a tendência da empresa liderada por António Mexia e cresce 0,11%, para 8,76 euros.

Ainda no setor energético, a Galp avança 1,80%, para 14,67 euros. A petrolífera beneficia da forte valorização registada pelo crude nos mercados internacionais: o barril do Brent, negociado em Londres e que é referência para Portugal, negoceia nos 74,50 dólares, avançando 0,62%; já o WTI, negociado em Nova Iorque, soma 0,78%, para 66,06 dólares.

O setor petrolífero está a reagir também ao fim de algumas sanções impostas ao Irão, país exportador de petróleo, por parte dos Estados Unidos. As sanções passam pela interdição a qualquer país de importar crude do Irão, sob pena de sofrer uma retaliação dos Estados Unidos.

O setor do retalho do retalho também contribui para a boa performance do PSI 20, com a Jerónimo Martins (0,11%) e a Sonae SGPS (0,52%) a negociarem em alta.

Em contraciclo, destacam-se os títulos dos CTT – Correios de Portugal, empresa liderada por Francisco Lacerda que esta terça-feira realiza a sua assembleia geral anual num cenário de dividendos generosos mas com incertezas face ao futuro da empresa. OS CTT caem 1,75%, para 2,70 euros.

[Dados das 8h09]

 

Ler mais
Relacionadas

Barril de petróleo sobe para novo máximo anual acima dos 74 dólares

O barril de petróleo Brent para entrega em junho tocou esta segunda-feira um novo máximo anual, acima dos 74 dólares.

CTT: entre os dividendos generosos e a sombra da renacionalização

A Assembleia Geral dos CTT realiza-se esta terça-feira e os acionistas preparam-se para votar a distribuição de dividendos – podem remunerar os seus acionistas com 15 milhões de euros do exercício de 2018. Mas o futuro da empresa é incerto, pois nada impede que possa ser renacionalizada.

China Three Gorges não renuncia a condição de lançamento na OPA da EDP e condena Oferta à morte

O que significa que, se a desblindagem não passar na próxima AG, a OPA cai. A CTG garantiu que “permanecerá como investidora de longo prazo da EDP, e continuará a contribuir como parceira estratégica para o desenvolvimento sustentável da empresa”.
Recomendadas

Depois do BCE, o que vai fazer a Fed? Investidores com reservas deixam Wall Street no ‘vermelho’

O alargado S&P 500 recuou 0,11% para 3.006,16 pontos e o Nasdaq tombou 0,31% para 7.892,95. Apenas o industrial Dow Jones conseguiu manter-se no verde e fechou com uma valorização de 0,14% para 27.219,52 pontos.

S&P mantém ‘rating’ de Portugal, mas sobe ‘outlook’ para positivo

Agência norte-americana manteve a notação financeira de Portugal no segundo grau de investimento, mas subiu o ‘outlook’ de ‘estável’ para ‘positivo’. Política monetária do BCE, juntamente com os ganhos de competitividade em Portugal, melhoraram a resiliência externa da economia e reduziram o custo do serviço da dívida externa, justificou a S&P.

PSI20 fecha semana no ‘verde’ com BCP a ajudar

Por setores, note-se que a banca foi dos mais animados com os espanhóis Sabadell e CaixaBank na linha da frente. BCP aproveitou o ambiente do setor e deu impulso ao PSI20, com uma subida acima dos 4%.
Comentários