Putin propõe aos Estados Unidos prolongamento do acordo nuclear START

O presidente russo diz que já se mostrou disponível para prolongar o tratado START, que limita o número de ogivas nucleares entre os dois países, mas que ainda não obteve resposta.

O Presidente russo, Vladimir Putin, referiu esta quinta-feira estar preparado para chegar a um compromisso com os Estados Unidos sobre o prolongamento de um acordo decisivo sobre os limites do arsenal nuclear dos dois países.

Ao discursar perante responsáveis militares, Putin disse que a Rússia tem sugerido repetidamente aos Estados Unidos o prolongamento do novo tratado START, que expira em 2021, mas ainda não obteve resposta. “A Rússia está preparada para prolongar imediatamente o novo tratado START, antes do final deste ano, e sem quaisquer pré-condições”.

O pacto, assinado em 2010 pelo Presidente dos EUA Barack Obama e o então Presidente russo Dmitry Medvedev, impõe a cada país a instalação de um limite de 1.550 ogivas nucleares e 700 mísseis e bombardeiros. Putin e outros responsáveis oficiais russos têm repetido as preocupações sobre a relutância de Washington em discutir uma extensão deste tratado.

Recomendadas

China suspende viagens organizadas na China e ao exterior devido ao coronavírus

A partir de segunda-feira as agências de viagens chinesas não poderão mais vender reservas de hotel nem viagens em grupo.

Xi Jiping adverte que “situação é grave” e “propagação do coronavírus acelera-se”

O Presidente chinês, Xi Jiping, admitiu hoje que a China enfrenta uma “situação grave” devido à “propagação acelerada” do novo coronavírus, mas assegurou que o país pode “vencer a batalha” contra o vírus.

Luanda Leaks: Ministra das Finanças de Angola diz que é preciso respeitar os órgãos judiciais

A ministra das Finanças de Angola, Vera Daves, afirmou, em Davos, que é necessário “respeitar o trabalho dos órgãos judiciais” nos casos de alegada corrupção em Angola, lamentando que “apenas alguns” sejam mediáticos.
Comentários