Qual a Liga mais desequilibrada da Europa? Só a Premier League supera o campeonato português

Estudo da Universidade Europeia analisou as últimas quatro épocas desportivas das competições nacionais de futebol, tendo por base a observação das dimensões pontuação, resultados e golos marcados e sofridos de todas as equipas envolvidas.

Carl Recine/Reuters

Apenas a Premier League superou o campeonato português de futebol como o mais desequilibrado da Europa, de acordo com o estudo “o equilíbrio competitivo no futebol em Portugal e nas Big#5”,  do Observatório do Futebol da Universidade Europeia divulgado esta segunda-feira.

Em análise esteve a comparação do equilíbrio competitivo da Liga portuguesa com os principais campeonatos europeus, Espanha (La Liga), Inglaterra (Premier League), Itália (Serie A), Alemanha (Bundesliga) e França (Ligue 1), tendo como base as dimensões pontuação, resultados e golos marcados e sofridos de todas as equipas envolvidas nas competições.

O estudo concluiu que a Premier League é a competição onde foi notório um maior desequilíbrio na época anterior. Em sentido inverso, surge a liga espanhola como sendo a competição que revelou maiores níveis de competitividade na última temporada, logo seguida pelo campeonato italiano.

Analisando o equilíbrio competitivo global nas últimas quatro épocas dos campeonatos observados neste estudo da Universidade Europeia, concluiu-se que desde a época 2015/2016 que a liga inglesa “tem perdido competitividade, sendo atualmente menos competitiva” do que a liga portuguesa.

Olhando para a pontuação da última época, a Premier League foi a competição onde o clube campeão (Manchester City) faz mais pontos por jogo (2.58) apesar da diferença para o segundo classificado ser a menor (0.03 pontos por jogo).

Quanto a Portugal, o campeão (SL Benfica) faz mais pontos por jogo (2.56) e no qual a diferença para o segundo classificado é menor (0.06 pontos por jogo). Cenário idêntico ao da liga alemã. Contudo, a liga portuguesa é a que regista maior diferença entre o primeiro e o quinto classificados, ao contrário do campeonato italiano que obteve uma diferença menor.

Na distância entre o primeiro e último classificado, a liga espanhola, tem sido a mais consistente em termos de pontuação ao longo das últimas quatro épocas, obteve a menor diferença (1.45 pontos por jogo), que no caso da liga inglesa é muito superior (2.16 pontos por jogo).

O estudo conclui que, “depois de ter sido a liga mais competitiva há três anos, nos últimos dois a liga portuguesa perdeu competitividade”.

Ler mais
Relacionadas

PremiumFinais da Champions e da Liga Europa: O Brexit ao contrário

Duas finais europeias, quatro equipas inglesas (três das quais londrinas): Champions e Liga Europa. Nunca se viu nada assim no ‘Velho Continente’. A Premier League tomou a Europa de ‘assalto’ e gera receitas ímpares. A maior ameaça ao modelo de negócio é interna.
Recomendadas

Jogadora da seleção de futebol dos EUA rejeita ser recebida por Trump: “Não vou à p*** da Casa Branca”

Megan Rapinoe chegou a acusar Donald Trump de ser “sexista”. A jogadora já se chegou a ajoelhar durante o hino dos EUA em protesto contra a violência policial. Rapinoe faz parte de um grupo de jogadoras que está a processar a federação norte-americana exigindo prémios iguais à seleção masculina.
Foto: Francisco Paraiso/FPF

Cristiano Ronaldo deixa gorjeta astronómica a trabalhadores de hotel grego

Pagou oito mil euros por noite pela mansão e pagou uma gorjeta generosa aos trabalhadores da unidade hoteleira por manterem a discrição durante a sua estadia.

Cascais Padel Masters capta 1,5 milhões de euros em três anos

Cascais Padel Masters estima ter uma assistência de 15 mil pessoas. Prova tem aval da autarquia até 2021. A modalidade conta com 90 mil praticantes em Portugal.
Comentários