Quanto vai ser investido e quando está pronta: Conheça os planos da nova Expo na zona ocidental de Lisboa

Mais de três quartos do valor de investimento de 300 milhões de euros previsto para o ‘Ocean Campus’, projeto de reconversão da zona ribeirinha entre Pedrouços (Lisboa) e a Cruz Quebrada (Oeiras) será exclusivamente assegurado por privados, de acordo com o documento referente ao plano estratégico deste empreendimentos, a que o Jornal Económico teve acesso. Veja aqui todos os pormenores sobre aquela que é designada como a Nova Expo.

Relacionadas

Nova Expo na zona ocidental de Lisboa: 73% do investimento de 300 milhões vai ser privado

O projeto de reconversão urbana da zona ribeirinha entre Pedrouços e a Cruz Quebrada prevê um investimento global de 300 milhões de euros, que deverá estar concluído até 2030. Ana Paula Vitorino, ministra do Mar, vai apresentar esta manhã o projeto.

Nova Expo na zona ocidental de Lisboa prevê investimento de 300 milhões

A cerimónia de apresentação do projeto de reconversão urbana da zona ribeirinha entre Pedrouços e a Cruz Quebrada contará com a presença da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino.

Governo vai avançar com nova Expo na zona ocidental de Lisboa

Já vários especialistas consideram que este empreendimento de reconversão urbana na zona ribeirinha de Pedrouços será de dimensão equivalente ao que deu origem à Expo 98, agora designado Parque das Nações.
Recomendadas

Conheça os três edifícios de escritórios que vão nascer no Parque das Nações até 2023

O projeto está a cargo da promotora imobiliária Avenue num investimento total de 190 milhões de euros para construir os três edifícios de escritórios localizados perto da Gare do Oriente.

Óscares Imobiliário: Palácio da Anunciada eleito melhor empreendimento de 2020

O Palácio da Anunciada em Lisboa venceu ainda na categoria de Turismo. A cerimónia do Prémio Nacional do Imobiliário contou com 29 empreendimentos finalistas. Conheça os vencedores das seis categorias.

‘Financial Times’: Há 14 empresas portuguesas na lista das que mais crescem na Europa

O ‘ranking’ FT 1000 coloca a startup Indie Campers na 38º posição e em primeiro lugar a nível nacional.
Comentários