‘Rato’ e teclado têm os dias contados? Estes anéis ‘prometem’ uma revolução digital

Este acessório, que está a ser encarado com grande expectativa entre os especialistas em ‘gaming’, foi criado pela Tap System e promete acabar com o teclado e o rato de um computador normal.

Este dispositivo é composto por anéis que se ajustam na base dos dedos. Este deteta as pulsações digitais como entrada de dados, e desta forma permite escrever, jogar e circular como um rato em quase todas as superfícies possíveis. Como estamos no mundo da realidade virtual, o projeto elimina a necessidade de estarmos a olhar para o que escrevemos.

Este acessório, que está a ser encarado com grande expectativa entre os especialistas em ‘gaming’, foi criado pela Tap System e promete acabar com o teclado e o rato de um computador normal.

Apesar do computador ter sido criado há 73 anos, a revolução deste aparelho tem sofrido um maior impacto na vida das pessoas nos últimos 40 anos. Passando de uma máquina pesada para um objeto leve e ergonómico, a verdade é que o teclado e o rato têm estado sempre presentes, seja em separado ou em conjunto.

 

A empresa Tap System, localizada em Pasadena, na Califórnia, criou e desenvolveu um novo dispositivo que funciona quando é ligado via bluetooth a um portátil, smartphone, tablet ou mesmo às televisões de última geração. Criado por Dovid Schick e por Sabrina Kemeny, o aparelho apela a um modo diferente de interação com a tecnologia. Após diversos protótipos, a dupla conseguiu chegar à formula vencedora que está à venda.

Cada movimento que os dedos fazem estão associados a um caracter ou a um símbolo predefinido. Já existem alfabetos configurados mas o utilizador pode modificar o sistema para corresponder ao seu esquema mental. O Tap está configurado para identificar até 120 palavras por minuto, ainda que quem o tenha testado só tenha chegado às 62 palavras devido à configuração do novo sistema. Os fundadores desta tecnologia testaram o equipamento numa sessão aberta à imprensa, onde conseguiu escrever até 54 palavras por minuto, demonstrando assim a utilidade desta tecnologia.

Os criadores consideram que pode vir a ser uma tecnologia em ascensão, mas aguardam a recetividade que pode ter por parte do público. Schick e Kemeny esperam que o dispositivo seja mais conhecido na comunidade dos jogadores, uma vez que pode tornar o seu jogo mais intuitivo. Em setembro, a companhia anunciou que o dispositivo era compatível com os sistemas Windows, estando assim apto para utilizar nos escritórios. Apenas vendido online, esta tecnologia tem um custo de 171 euros e não existem portes de envio associados.

Recomendadas

Ainda não consultou as despesas de IRS? Já só tem 10 dias para reclamar

Despesas com taxas moderadoras, seguros de saúde, propinas ou crédito à habitação já podem ser confirmadas no portal das Finanças. Até 31 de março esta aberto o prazo para reclamar.

Como uma simples cruz lhe pode dar mais dinheiro no IRS

Tem rendimentos prediais ou capitais e tem dúvidas se é mais vantajoso optar pela tributação autónoma ou pelo englobamento? Então leia este artigo.

Gosta de festivais e acha que até sabe vender bilhetes? Isso pode levá-lo aos bastidores

A startup britânica Verve lançou-se esta quinta-feira no mercado nacional e está trabalhar com festivais como o Lisb-On, o RFM Somnii ou o Festival Forte. Os fãs de música e concertos podem, assim, ser também vendedores e marketeers e, depois, ganhar vales de refeições e bebidas, t-shirts, entradas nos bastidores, entre outros.
Comentários