Recandidatura de Marcelo: sondagem diz que 85% dos socialistas apoiam

A avaliação positiva da atuação do atual Presidente da República é o motivo para o apoio dos eleitores socialistas, sendo que 69% consideram que tem sido “boa” e 30% dão “muito boa” nota, segundo uma sondagem hoje divulgada pela TSF.

Miguel Figueiredo Lopes/Presidência da República handout via Lusa

A maioria dos eleitores do PS dizem que vão votar no Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, revelou uma sondagem realizado pela Pitagórica para a TSF e JN. O inquérito aponta que 85% dos inquiridos que dizem votar no PS consideram que o partido devia apoiar a recandidatura do atual Presidente da República.

Além do PS,  75% dos eleitores do Bloco de Esquerda também pensam que o apoio a Marcelo Rebelo de Sousa deve ser o caminho escolhido pelo PS, 65% de inquiridos do PSD concordam e, entre CDU e CDS, a ideia de que o PS deve apoiar a recandidatura de Marcelo ultrapassa os 50% de opiniões favoráveis.

A avaliação positiva da atuação do atual Presidente da República é o motivo para o apoio socialista, sendo que 69%  consideram que tem sido “boa” e 30% dão “muito boa” nota. As avaliações positivas seguem e é entre os eleitores de esquerda que Marcelo se destaca com apreciações positivas (acima dos 70% entre os eleitores do Bloco de Esquerda e da CDU), enquanto junto da área política a que pertence (PSD/CDS), os resultados são menos efusivos, apesar de ultrapassarem os 50%.

Questionados sobre a confiança no primeiro-ministro, quase metade dos inquiridos dizem ter “igual confiança no Presidente da República e no primeiro-ministro” e 74% aprovam a forma de governar Portugal do atual Executivo, com destaque para uma aprovação acima de 70% entre os eleitores de esquerda, e com a aprovação de mais de metade dos inquiridos que dizem votar no PSD e no CDS.

Noutro inquérito divulgado no domingo sobre as intenções de voto, numa sondagem da Pitagórica para o Jornal de Notícias e TSF, o PS atinge 44,8% na preferência dos eleitores, cada vez mais longe do PSD que atinge os 24,1%.

Os dados demonstram também que o Chega, mesmo em queda, consegue passar para terceiro (6,4%), ultrapassando o BE (6,1%). A CDU entra na luta pelo pódio com 5,8% e é seguida do PAN com 3,3%, o CDS, que estanca as perdas (2,8%), e a Iniciativa Liberal, em baixa (1,6%).

Ler mais
Relacionadas

Presidente pede que não se passe do “8 para o 80” e alerta para imagem do país

O Presidente da República reiterou hoje o apelo à população para que não se passe “do 8 para o 80” nas medidas de prevenção da covid-19, alertando para os riscos da imagem do país “cá dentro e lá fora”.

Marcelo Rebelo de Sousa: “Igreja deu um exemplo a todo o povo português”

No regresso às celebrações comunitárias, à entrada da missa de Pentecostes, na Sé de Lisboa, o Presidente da República recordou que “há regras, há distanciamentos, há que manter as máscaras durante toda a celebração, dure ela o que durar, e há que ter especiais cuidados na entrada e na saída”. Apelou igualmente aos jovens para que “não organizem festas com centenas de pessoas”.
Recomendadas

Mudanças no apoio ao grupo parlamentar do PAN

No despacho do PAN consta “Exonerados do cargo de assessores” ficam Márcio Manuel Cavaleiro da Quadrada, Sara Filipa Tomé Marques Martins, Susana Isabel de Oliveira Andrade.

PSD defende reuniões epidemiológicas quinzenais e transmitidas pelo canal Parlamento

O PSD também pediu que nas reuniões estivessem presentes “um representante do Ministério da Saúde, outro ou outros representantes governamentais, caso o Governo assim o entenda, epidemiologistas de instituições públicas e privadas, a indicar sob proposta da Direção-Geral da Saúde, outros especialistas que a Comissão de Saúde venha a deliberar ouvir”.

Marcelo congratula-se “reconhecimento de melhoria da gestão” da Presidência da República

O chefe de Estado congratulou-se hoje com o juízo favorável do Tribunal de Contas à conta da Presidência da República de 2019, considerando que há um “reconhecimento do trabalho de melhoria da gestão financeira e administrativa”.
Comentários