Receitas da Madeira caem 15% em março

Em março a Madeira teve um saldo deficitário de 30,6 milhões de euros. A região gerou receitas de 64,6 milhões de euros para uma despesa de 95,3 milhões de euros.

As receitas do Governo da Madeira caíram 15,9%, em março, para os 64,6 milhões de euros, enquanto que a despesa subiu 10,1%, para os 95,3 milhões de euros. Isto gerou um saldo deficitário de 30,6 milhões de euros, indicam os dados da Direção Regional do Orçamento e Finanças.

As receitas fiscais tiveram uma quebra de 12,2%, para os 61,5 milhões de euros.

Os impostos diretos subiram 5,5% para os 23,2 milhões de euros, enquanto que os impostos indiretos caíram 20% para os 38,2 milhões de euros.

Nas despesas verifica-se um aumento de 3,8% nas despesas com o pessoal para os 28,1 milhões de euros, a aquisição de bens e serviços sofreu um aumento de 17,9% para os 6,5 milhões de euros, enquanto que os juros e encargos tiveram uma quebra de 8,7% para 1,8 milhões de euros.

Recomendadas

Saiba como funcionam os contadores inteligentes de eletricidade

Certamente já ouviu falar nos contadores inteligentes de eletricidade e nas suas funcionalidades. Mas de que se trata Basicamente são aparelhos que fazem medições digitais relacionados com redes inteligentes e que procedem ao envio automático das leituras.

Balança comercial atinge superavit de 12,7 milhões de euros na Madeira

No primeiro trimestre as exportações atingiram os 48,5 milhões de euros e as importações os 35,8 milhões de euros.

Madeira bate novo máximo com 12.888 vacinas administradas contra a covid-19

Já foram administradas 104.185 vacinas contra o coronavírus na Madeira. 76.501 eram referentes à primeira dose (30,1% da população), e 27.684 correspondiam à segunda dose (10,9% da população).
Comentários