PremiumReeleição de Donald Trump começa a estar claramente posta em causa

À medida que novembro se aproxima, as expectativas de um segundo mandato do atual presidente esbarram na forma comoa Casa Branca lidou com a pandemia, mas sobretudo na incapacidade de relançar a economia no caminho do crescimento.

Ao olhar-se para a lista dos países com maior número de infetados por Covid-19, constata-se que é preciso somar os totais compreendidos entre a segunda e a nona posições do malfadado ranking (Brasil, Rússia, Reino Unido, Espanha, Itália, França, Alemanha e Peru) para se chegar a valores próximos do primeiro classificado: os Estados Unidos. O número de mortes no país é outro descalabro: o seu total é mais do que a soma dos três países que o precedem (Reino Unido, Itália e França).

São estes números – ou mais propriamente a sua evolução, que em termos relativos não deverá mudar muito – que estarão em cima da mesa quando, a 3 de novembro, os norte-americanos forem chamados às urnas para escolherem o próximo presidente: o republicano Donald Trump ou o democrata Joe Biden.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumEmpresas nacionais brilham nas tecnologias da educação

JP Inspiring Knowledge, Bi-Bright e ubbu têm uma palavra a dizer na ‘virtualeduca.connect’, que decorre de 21 a 23 de julho, sob o signo do futuro.

PremiumKKR e BlackRock na corrida à Indaqua

O Citi recebeu propostas de compra de quatro fundos, entre eles o KKR e a BlackRock. Avança agora a ‘due-diligence’ para as ofertas vinculativas.

PremiumBarclays contratado para vender Iberwind

A Finerge é uma das empresas interessadas em comprar a Iberwind. Há cinco a disputar o grupo eólico que em 2015 foi comprado por chineses.
Comentários