Região Norte lidera na vacinação contra a Covid-19 com 88% da população inoculada

Portugal caminha para os 8,9 milhões de cidadãos totalmente vacinados contra o vírus SARS-CoV-2, de acordo com o relatório semanal da Direção-Geral da Saúde.

Mário Cruz/Lusa

Já são mais de 8,8 milhões as pessoas (mais precisamente 8.827.654) em Portugal que receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19, o que corresponde a 85% da população portuguesa, segundo o relatório semanal de vacinação da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgado esta terça-feira. O país caminha para os 8,9 milhões de cidadãos inoculados (com o esquema vacinal completo).

Atualmente, Portugal regista 20.836.630 doses de vacinas recebidas e 16.421.977 distribuídas, menos de um mês depois de ter alcançado a meta de ter 84% da população vacinada com pelo menos uma dose, mesmo ainda antes de ser dar o último passo no plano de desconfinamento. No total, mais de 8,9 milhões de portugueses (87% ou 8.995.352 pessoas) receberam a primeira dose do fármaco contra o vírus SARS-CoV-2, de acordo com a DGS.

Entre a população portuguesa vacinada – tanto com a primeira dose da vacina como com a vacinação completa – são os mais velhos que se destacam, pois quer na faixa etária dos 80 ou mais anos como na dos 65 aos 79 anos são 100% os vacinados com as duas doses. É ainda notória a percentagem de pessoas vacinadas entre os 50 e os 64 anos: 99% (2.143.151 pessoas).

Os mais jovens têm cada vez mais expressão nesta tabela. Já são 85% os utentes entre os doze e os 17 anos que estão vacinados (528.704 pessoas), 88% entre os 18 e os 24 anos (689.031 pessoas) e 93% entre os 25 e os 49 anos (3.098.188 pessoas).

Em termos de regiões, o Norte mantém-se a sobressair no mapa, uma vez que é a zona onde a percentagem de população vacinada é mais alta (88%). Logo depois segue-se o Alentejo e o Centro (ambos com 87%), Lisboa e Vale do Tejo (83%), o arquipélago da Madeira (83%) e a Região Autónoma dos Açores (83%). O Algarve fica para trás, com 80%.

Portugal foi o primeiro país do mundo a ter 85% da população vacinada contra a Covid-19.

Notícia atualizada às 21h10

Recomendadas

Covid-19. África do Sul ultrapassa três milhões de infeções

A África do Sul, que detetou a nova variante Ómicron e está a entrar na quarta vaga da pandemia, com um aumento exponencial de novas infeções, ultrapassou esta sexta-feira os três milhões de infeções pelo coronavírus SARS-CoV-2, segundo números oficiais.

Portugal regista mais 2.535 casos positivos e 21 mortes por Covid-19

Nas últimas 24 horas, foram retiradas 14 pessoas em enfermaria, para um total de 902. Nos cuidados intensivos foi colocado mais um doente (129 no total).

OMS diz que medidas aplicadas para travar variante Delta devem funcionar com Ómicron

O diretor regional da OMS para o Pacífico Ocidental alertou ainda que “enquanto a transmissão continuar, o vírus pode continuar a sofrer mutações”.
Comentários