Não gaste dinheiro desnecessariamente. Siga as dicas de poupança para o regresso às aulas

Esta é uma época em que os alunos querem ter lápis e cadernos novos mas antes de ir às compras, deve ver primeiro o que tem lá em casa para não gastar dinheiro desnecessariamente. Siga estas e outras dicas de João Raposo, fundador e administrador do Grupo Reorganiza.

Relacionadas

Quer poupar no regresso às aulas? Deco apresenta dicas

Aconselhamos os consumidores a evitar o recurso ao crédito ao consumo, pois esta decisão aumentará, certamente, o encargo da vida familiar. Porém, se tomar essa decisão tenha em conta os encargos financeiros que terá suportado.

Portugueses preveem gastar 363 euros no regresso às aulas, estima Cetelem

Apesar dos manuais escolares já não fazerem parte das despesas familiares, os portugueses preevem gastar entre 250 a 500 euros neste regresso às aulas.
Recomendadas

Deco: Cafés e restaurantes podem proibir clientes de ler ou estudar

Apesar da lei permitir a proibição de leitura ou o estudo no espaço do estabelecimento, há situações que são questionáveis e, sem dúvida alguma, há uma invasão dos direitos do consumidor. Portanto, se alguma vez sentir que estão a privar a sua liberdade individual reclame!

Vive em união de facto? Saiba quais são os seus direitos

Ouviu dizer que, hoje em dia, as uniões de facto produzem os mesmos direitos que os casamentos? Não é inteiramente verdade. Fique a par dos direitos dos unidos de facto.

Siga estas dicas para aumentar a vida da bateria dos seus equipamentos

Um uso intensivo, num ambiente quente, também não é recomendável, pois a bateria pode sobreaquecer e provocar uma descarga mais rápida ou até mesmo danificar o equipamento.
Comentários