‘Rei dos Frangos’ “respondeu a todas as questões com transparência”, diz advogado

Castanheira das Neves, advogado do empresário José António dos Santos, tem a expectativa de que o interrogatório que ocorreu durante a manhã demova o Ministério Público de pedir uma medida mais gravosa ao seu cliente, amigo de longa data de Luís Filipe Vieira.

O advogado do empresário José António dos Santos, conhecido como “Rei dos Frangos”, disse esta sexta-feira que tem a expectativa de que o interrogatório que ocorreu durante a manhã demova o Ministério Público de pedir uma medida mais gravosa ao seu cliente, amigo de longa data de Luís Filipe Vieira.

“Temos a expectativa de que o interrogatório tenha contribuído acentuadamente para esclarecer melhor alguns pontos”, afirmou Castanheira das Neves, em representação do dono do grupo Valouro-Avibom e maior acionista individual da Benfica SAD.

O advogado garantiu que José António dos Santos, na audição do processo ‘Cartão Vermelho’, “respondeu a todas as questões que lhe foram colocadas com toda a normalidade, com toda a tranquilidade” e, do ponto de vista da defesa, “com toda a transparência”.

“Só vou considerar a promoção do Ministério Público quando terminarem as diligências. Estamos a aguardar”, explicou Castanheira das Neves, em declarações aos jornalistas. “Ao fim de tantos e tantos anos de carreira profissional já não há nada que me consiga surpreender”, referiu ainda o advogado, acompanhado por João Carlos Silva, com quem partilha a equipa jurídica do “Rei dos Frangos”.

José António dos Santos foi um dos quatro detidos – a par com o presidente do Benfica, o seu filho (Tiago Vieira) e o agente de futebol Bruno Macedo – na investigação do Departamento Central de Investigação e Ação Penal aos negócios do futebol, que envolvem suspeitas de burla qualificada, falsificação de documentos, branqueamento de capitais e fraude fiscal qualificada.

As diligências deste caso irão prolongar-se e é expectável que as medidas de coação só sejam conhecidas amanhã ou mesmo no domingo.

Recomendadas

Cuatrecasas assessora sul-coreanos da CS Wind na compra de 60% de ASM Industries

A empresa de torres eólicas pretende reforçar a sua presença no mercado europeu. O negócio, avaliado em 46,5 milhões de euros, deverá ficar fecho no próximo mês de setembro.

Linklaters reforça ‘Dispute Resolution’

A sociedade contratou os advogados Paulo Abreu dos Santos e Belarmino Costa da Silva para o escritório de Lisboa.

Bankinter financia em 10 milhões projeto WhiteShell da Vanguard Properties (com áudio)

Para além do Bankinter ser o financiador do projecto, a Vanguard Properties contou com a assessoria legal da Vieira de Almeida e Associados.
Comentários