Rei emérito Juan Carlos exilado em Cascais, avança a TVI

A TVI avança que Juan Carlos já está em Cascais, onde viveu a sua infância. Juan Carlos escreveu ao filho dizendo que pretende facilitar o exercício das funções de Filipe VI, pelo que deixará de viver no Palácio da Zarzuela e sai de Espanha, perante “a repercussão pública” de “certos eventos do passado”.

O rei emérito Juan Carlos já chegou a Portugal e encontra-se exilado em Cascais, depois de ter comunicado, esta segunda-feira, ao filho que iria deixar Espanha e escolher outro país para viver. A notícia está a ser avançada pela TVI.

Hoje os jornais espanhóis avançaram que o monarca emérito Juan Carlos anunciou ao seu filho, o rei Filipe VI, que iria sair de Espanha. Juan Carlos anunciou em carta ao filho (que aceitou o exílio do pai) e a decisão surgiu após uma onda de escândalos fiscais daquele que foi rei até 2014.

A repercussão pública das investigações sobre os seus alegados fundos em paraísos fiscais estava a degradar a imagem da monarquia espanhola.

“Com a mesma avidez de serviço a Espanha que inspirou o meu reinado e perante a repercussão pública que estão a gerar certos acontecimentos passados da minha vida privada, desejo manifestar-te a minha mais absoluta disponibilidade para contribuir para que se torne mais fácil o exercício das tuas funções, na perspetiva de sossego e tranquilidade que a tua alta responsabilidade requer”, escreveu o rei emérito ao filho. “O meu legado, a minha própria dignidade enquanto pessoa, assim mo exigem.”

Foram divulgadas várias notícias que davam conta que Juan Carlos tinha criado uma empresa “offshore”, quando ainda era rei através de uma doação de 65 milhões de euros da Arábia Saudita.

O Ministério Público suíço está também a investigar o seu envolvimento na intermediação em vários negócios, entre eles um contrato ganho por um consórcio espanhol para construir a ligação de comboio de alta velocidade que liga Meca a Medina.

Recorde-se que Juan Carlos passou parte da infância e início de idade adulta no Estoril, com a família. Foi o seu primeiro exílio em Portugal.

A revista “Flash”, por sua vez, diz que  a autarquia de Cascais manifestou a sua abertura para acolher o antigo monarca.

O homem que reinou em Espanha durante 38 anos nasceu a 5 de janeiro de 1938 em Roma, onde a família real espanhola se encontrava exilada desde a proclamação da república, em 1931.

O rei emérito de Espanha passou grande parte da juventude no Estoril, concelho de Cascais, para onde se mudou aos 8 anos. Foi na Vila Giralda que a família real se instalou. Foi também cá que o seu irmão mais novo, Alfonso, foi vítima do disparo acidental de uma arma fogo e perdeu a vida aos 14 anos.

Foi em Cascais que se iniciou na vela, desporto em que se sagrou campeão várias vezes.

Ler mais
Recomendadas

“Agricultores foram excecionais durante o período inicial da pandemia”, afirma Marcelo

O Presidente da República marcou presença na apresentação do ‘Ambição Agro 2020-30’ onde aproveitou para enaltecer o papel que o setor agrícola desempenhou durante o confinamento provocado pela pandemia do coronavírus.

Covid-19: Sobe para 45 número de infetados associados a surto em lar de Ourique

O primeiro caso positivo de covid-19 no lar da aldeia de Santa Luzia, o de uma idosa de 85 anos, tinha sido detetado no dia 13 deste mês, após um teste realizado pela utente devido a “um episódio hospitalar de urgência” no hospital de Beja, onde acabou por ficar internada.

“Graças à inovação na agricultura, Portugal reduziu em 400 milhões o seu défice alimentar”, diz António Costa

O primeiro-ministro esteve presente por videoconferência na apresentação do ‘Ambição Agro 2020-30’, e fez questão de frisar que a agricultura é uma atividade virada para o futuro e não do passado.
Comentários