Renova fatura 170 milhões de euros e exporta 50% da sua produção

A empresa vai arrancar na segunda semana de dezembro com uma nova campanha publicitária para reforçar a sua presença no mercado francês.

A Renova gera um volume de negócios anual de cerca de 170 milhões de euros.

Desse montante, cerca de 50% são direcionados par as exportações, “o que representa a forte presença da marca 100% portuguesa nos mercados internacionais”, de acordo com um comunicado da empresa.

Na vertente externa, “França tem vindo a assumir-se como um dos mercados estratégicos para a Renova, país onde a marca inaugurou em 2016 uma nova fábrica”.

“A unidade de transformação de papel ’tissue’ da Renova em St. Yorre emprega atualmente cerca de 50 colaboradores e assegura a fabricação de 95% dos produtos Renova comercializados nos mercados de França e Benelux, garantindo simultaneamente flexibilidade e capacidade de resposta para os restantes países do centro e norte da Europa”, revela o referido comunicado.

O mesmo documento acrescenta que, “para além de França, a marca portuguesa mantém duas fábricas e centro logístico em Portugal, comercializando os seus produtos em cerca de 70 países, nos cinco continentes, permitindo à Renova realizar mais de metade do seu volume de negócios nesses mercados externos”.

Continuando a apostar no mercado francês, a Renova vai lançar um nova campanha de comunicação multimeios naquele país, para promoção da gama ‘Renova Paper Pack’ que elimina o plástico das embalagens.

“A Renova continua a apostar no mercado francês e lança uma campanha de comunicação, reforçando o seu posicionamento neste território.  A nova campanha multimeios da Renova arranca já na segunda semana de Dezembro nas principais cidades francesas, entre as quais Paris, Marselha, Lyon, Toulouse, entre outras, e tem como objetivo consolidar a comunicação da gama de Papel Higiénico ‘Renova Paper Pack’, produtos que utilizam como material de embalagem papel reciclável e biodegradável, em alternativa ao plástico, reforçando além fronteiras a adopção de práticas mais sustentáveis e amigas do ambiente”, explica o referido comunicado.

“La Planete a aussi ses besoins” (“O Planeta também tem as suas necessidades”) é o mote da nova campanha da Renova em França, “que dá eco à preocupação crescente dos cidadãos para a emergência da contaminação dos oceanos e evidenciando a resposta da Renova, com o lançamento em todos os mercados onde opera de produtos ambientalmente mais responsáveis: embalagens sem plástico, usando em alternativa papel 100% reciclável”.

A campanha multimeios estará presente em redes de ‘outdoors’, ‘mupis’, imprensa e digital.

 

 

 

 

Ler mais
Recomendadas

Hotéis do grupo Prainha reabrem com 24 horas de intervalo em cada dormida

As unidades hoteleiras em Alvor e Lagos voltam a abrir portas na próxima sexta-feira.

Respostas rápidas: Como vai funcionar o novo Instrumento de Apoio à Solvabilidade europeu

O novo instrumento temporário proposto pela Comissão Europeia é dirigido a empresas “economicamente viáveis”, mas que enfrentam problemas de solvabilidade provocados pela crise da Covid-19. Quer desbloquear 300 mil milhões de euros para empresas situadas na União Europeia e um dos critérios de acesso é que com base nas contas de 2019 não apresentassem já necessidades de auxílios.

Berlim e Bruxelas chegam a acordo sobre resgate da Lufthansa

Várias fontes disseram à agência France-Presse que este compromisso prevê, sobretudo, que a Lufthansa ceda oito aviões a empresas concorrentes, assim como os direitos de aterragem e descolagem associados.
Comentários