Renovação online do cartão do cidadão arranca a 21 de junho para maiores de 25 anos

O Governo anunciou na quinta-feira que iria permitir a renovação online do cartão do cidadão para quem tiver mais de 25 anos, o que até agora só era permitido para maiores de 60 anos.

Renovar o cartão do cidadão tem sido um martírio para muitos portugueses. Quem quiser renovar o documento precisa de esperar vários meses em vários locais do páis para conseguir uma marcação.

O Governo anunciou na quinta-feira que iria permitir a renovação online do cartão do cidadão para quem tiver mais de 25 anos, o que até agora só era permitido para maiores de 60 anos.

Em entrevista à Rádio Renascença, a secretária de Estado da Justiça Anabela Pedroso anunciou que a medida vai avançar a 21 de junho.

“Como de cinco em cinco anos ainda temos o mesmo tipo quer de feição, quer de impressão digital, vamos usar esses dados que já estão guardados nos nossos sistemas. O cidadão a única coisa que vai ter que fazer é autenticar-se com o seu cartão de cidadão e a Chave Móvel Digital e, a partir dai, preenchendo somente um formulário, pode pedir a renovação do seu cartão”, explicou a governante.

O Governo vai também criar novos espaços para a emsisão do cartão do cidadão e pretende contratar 40 funcionários para atender ao público, que vão iniciar funções dentro de dois meses. “Estamos a desconcentrar os pontos de acesso Cartão de Cidadão por todo o país, usando os Espaços Cidadão”, disse a secretária de Estado.

Mais de 25 anos? Vai poder renovar o cartão do cidadão online

Ler mais

Relacionadas

Mais de 25 anos? Vai poder renovar o cartão do cidadão online

Os cidadãos com mais de 25 anos vão poder renovar o cartão do cidadão online, o que só era possível até agora para cidadãos com mais de 60 anos. A medida entra em vigor na segunda quinzena deste mês.
Recomendadas

Covid-19: Mais de 530 mil pessoas vacinadas na região Centro

João Paulo Rebelo falava no âmbito de uma visita que realizou aos concelhos do Fundão e da Covilhã, no distrito de Castelo Branco, e que também contou com a presença do secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, e da secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Cláudia Pereira.

“Governo beneficia casinos mas esquece os trabalhadores”, diz federação intersindical

A Federação intersindical do setor do turismo exige medidas de apoio aos trabalhadores dos casinos, depois do Executivo ter decidido isentar estes estabelecimentos do pagamento do imposto de jogo e prolongado as concessões dos casinos de Lisboa, Estoril e Figueira da Foz, que terminaram a 31 de dezembro de 2020. FESAHT acusa o Governo: “aos patrões do jogo dá tudo, tudo, aos trabalhadores dá nada, nada”.

EUA: Produção industrial sobe pelo segundo mês seguido, apesar de constrangimentos no sector automóvel

A indústria norte-americana beneficiou com a reabertura de várias fábricas dos estados do sul afetados pela tempestade de fevereiro, mas a indústria automóvel penalizou o resultado final, com uma queda de 4,3% na produção a refletir as dificuldades causadas pelos atrasos no fornecimento de chips.
Comentários