Resultados da Boeing recuam 95% nos primeiros nove meses

A Boeing anunciou hoje que obteve lucros de 374 milhões de dólares (cerca de 336 milhões de euros) nos primeiros nove meses, menos 95% que no mesmo período de 2018.

Justin Lane / EPA

A Boeing anunciou hoje que obteve lucros de 374 milhões de dólares (cerca de 336 milhões de euros) nos primeiros nove meses, menos 95% que no mesmo período de 2018, enquanto os aviões Boeing 737 MAX continuam em terra.

Num comunicado hoje divulgado, o grupo aeronáutico norte-americano indicou que a faturação desceu 19% para 58.648 milhões de dólares (cerca de 52.694 milhões de euros) nos primeiros nove meses deste ano do que no mesmo período de 2018, refletindo a crise que atravessa o grupo devido aos acidentes com vítimas mortais do modelo estrela devido a uma falha da segurança.

“A companhia assumiu que a aprovação regulatória do regresso ao serviço do 737 MAX começará no quarto trimestre de 2019 e que gradualmente aumentará a produção de 42 aparelhos por ano para 57 em finais de 2020”, indicou o grupo no comunicado.

Recomendadas

Infraestruturas de Portugal lança concurso público para requalificação do Túnel do Grilo

A verba estimada para esta obra é de 10 milhões de euros, que será destinada para a requalificação da infraestrutura e dos sistemas de segurança do Túnel do Grilo, localizado no lanço Olival de Basto / Sacavém do IC17 – CRIL, em Lisboa.

Tobias C. Pross é o novo CEO da Allianz Global Investors

Tobias C. Pross era até então diretor global de distribuição e trabalha há mais de 20 anos no grupo. Deborah Zurkow sobe a diretora global de investimentos, cargo até então exercido também por Andreas Utermann.

Novo crédito à habitação em setembro soma 915 milhões de euros, diz Banco de Portugal

Em setembro os volumes de novas operações para habitação, consumo e outros fins totalizaram 915, 462 e 284 milhões de euros, respetivamente, avança ao Banco de Portugal.
Comentários