Ricciardi diz que tem 200 milhões para injetar no Sporting

O banqueiro garante que o capital tem origem internacional e já tem a estratégia definida: “Com este dinheiro proponho trazer um grande treinador, que já tenho apalavrado, e seis ou sete jogadores indiscutíveis”, disse o banqueiro em entrevista ao jornal Record.

Rodrigo Antunes/Lusa

José Maria Ricciardi garante que tem 200 milhões de euros para injetar no Sporting. O banqueiro diz também que o dinheiro tem origem em investidores internacionais.

“Tenho 200 milhões de euros para o Sporting. Não vou dar pormenores porque não posso. Neste momento não sou absolutamente nada, a não ser alternativa. Se os sócios entenderem que devo tomar conta do clube, garanto que tenho essa solução”, disse José Maria Ricciardi em entrevista ao jornal Record.

Questionado sobre a origem do capital, o banqueiro esclareceu que são investidores “estrangeiros”, mas escusou-se a revelar mais informação.

Sobre o fim a dar aos 200 milhões, José Maria Ricciardi já tem a estratégia definida. “Com este dinheiro proponho trazer um grande treinador, que já tenho apalavrado, e seis ou sete jogadores indiscutíveis”, disse ao Record.

Relacionadas

FC Porto vende Éder Militão ao Real Madrid por 50 milhões

A saída do defesa brasileiro para o Real Madrid entra para a lista das transferências mais caras do futebol português, ficando apenas atrás do negócio também realizado pelos ‘dragões’ quando Hulk saiu por 60 milhões para os russos do Zenit, em 2012.

Amanhã há ‘Jogo Económico’. Como devem os clubes lidar com as claques?

Esta sexta-feira, às 20h00, as relações (nem sempre saudáveis) entre clubes e claques vão estar em debate no programa ‘Jogo Económico’.

Luís Marques: “O que mais me chocou foi o amadorismo da gestão do Sporting”

Luís Marques, antigo membro da Comissão de Gestão do Sporting, veio ao Jogo Económico e falou sobre a experiência que teve na SAD do clube e das dificuldades que encontrou nos três meses que antecederam as eleições.

Receitas televisivas: Portugal é uma ‘gota’ num continente de milhões

A receita dos direitos televisivos é a que mais cresce atualmente na Europa. Em Portugal, a UEFA traçou um cenário negro no qual, em teoria, um clube inglês teria liquidez para comprar a totalidade dos direitos televisivos na Liga portuguesa.
Recomendadas

Benfica quer ver ‘hacker’ Rui Pinto julgado no caso dos emails

A SAD encarnada constitui-se assistente no processo em que foi vítima de divulgação de conversação privada. Diligência terá de comportar a emissão de um novo mandado, já que o atual apenas diz respeito à Doyen e ao Sporting.

Sporting quer álcool à venda nos estádios para aumentar receitas

Sporting dá o exemplo do Chelsea, que obteve receitas mais elevadas após a autorização de venda de bebidas alcoólicas nos jogos europeus, permitindo um “aumento de receitas dos clubes”, porque as pessoas “gastam dinheiro dentro dos estádios”, mas também acabar “com a discriminação entre adeptos” da zona VIP, onde o consumo é permitido.

Jogos ao fim-de-semana e uma liga mais restrita. Assim será a ‘Champions’ em 2024

O órgão que tutela o futebol europeu, em conjunto com a Associação Europeia de Clubes (ECA), vai reunir esta terça-feira com os presidentes dos principais clubes da Europa e discutir ideias para um novo formato da competição.
Comentários