Ruben Amorim testa positivo à Covid-19 e falha jogo com Gil Vicente

Além de Rúben Amorim, o jornal desportivo Record avança também que há mais um jogador infetado, que se vai assim juntar aos oito anteriores, incluindo um membro do staff técnico do clube de Alvalade.

O treinador do Sporting testou positivo para o novo coronavírus. De acordo com a notícia avançada pelo jornal desportivo “Record“, esta quarta-feira, Ruben Amorim não apresenta sintomas e vai ter de cumprir 14 dias de quarentena. O treinador vai falhar o arranque do Sporting nesta temporada do campeonato nacional, que está marcado para sábado, na receção ao Gil Vicente.

Além de Rúben Amorim, o jornal desportivo avança também que há mais jogador infetado, que se vai assim juntar aos oito anteriores, incluindo um membro do staff técnico do clube de Alvalade.

Nuno Santos, Borja e Rodrigo Fernandes foram os primeiros jogadores a serem detetados com Covid-19, após os exames feitos na véspera do encontro com o Nápoles, que acabou por cancelado. Já na sequência dos exames feitos no domingo surgiram mais quatro casos: Luís Maximiano, Renan, Pedro Gonçalves e Gonçalo Inácio. Aos sete jogadores junta-se ainda um elemento do staff do clube de Alvalade.

Tal como sucedeu com os primeiros casos identificados, também Ruben Amorim e o jogador serão colocados em isolamento durante um período de 14 dias, em respeito para com o protocolo definido para a Liga Portugal.

A partida entre Sporting e Gil Vicente, do próximo sábado, relativa à primeira jornada do campeonato nacional, ganha agora mais probabilidade de vir a ser reagendada, uma vez que o clube de Barcelos conta com 15 infetados.

Recomendadas

Candidato à presidência do SL Benfica apresenta solução financeira em parceria com fintech portuguesa

Este financiamento adotado pela candidatura de Rui Gomes da Silva será efetuado “através das receitas geradas pela utilização de uma Carteira Digital não bancária, com acesso por parte dos sócios e adeptos do Benfica a um cartão visa pré-pago e a um leque de serviços inovadores”.

Governo italiano aprova público nos estádios até um terço da sua capacidade

Estádios como o San Siro, onde atuam o AC Milan e o Inter de Milão, poderão ter, à semelhança do Olímpico de Roma, uma lotação de até 25/26 mil pessoas.

“Jogo Económico”: “Benfica pagou 1,8 milhões a um jogador que causou rombo nas contas de 37,4 milhões”

O economista e ex-futebolista, Diogo Luís, fez às contas às perdas do SL Benfica na noite europeia de Salónica: aos 37,4 milhões de euros que as ‘águias’ iriam receber pela entrada na fase de grupos junta-se 1,8 milhões pagos aos jogador que selou a eliminação dos ‘encarnados’.
Comentários