PremiumRuben Eiras: “Solar e eólicas offshore serão mais competitivas que o nuclear em 2040”

A massificação da produção de hidrogénio não dependerá da eletricidade gerada pelo nuclear, admitiu o ex-diretor-geral da Política do Mar e secretário geral do Fórum Oceano ao Jornal Económico.

Ruben Eiras, 44 anos, ex-diretor-geral da Política do Mar, é o secretário geral do Fórum Oceano que está ao ‘leme’ do desafio de avançar, em 2022 – associado à Beta-i –, com o projeto da call que ganharam na DG Mare (Directorate-General for Maritime Affairs and Fisheries) da Comissão Europeia, para liderar o “Atlantic Smart Ports Blue Acceleration Network”. Trata-se de uma rede que integra 391 portos atlânticos que vão receber os melhores projetos apresentados por startups da Economia Azul, e que contam com o apoio do “Dubai Ports World”, o maior fundo de investimento para infraestruturas marítimo-portuárias sustentáveis (dotado com cinco mil milhões de dólares) e do BNP Paribas. Ruben Eiras, madeirense, acredita cada vez mais no potencial dos projetos offshore de produção de hidrogénio verde através de eletrolisadores que utilizam eletricidade “limpa”, proveniente de fontes renováveis, como os painéis solares fotovoltaicos e as eólicas offshore.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Novos limites da pesca da sardinha variam entre 1.575 e 4.725 quilogramas

Para as embarcações com comprimento superior a nove metros e inferior ou igual 16 metros o limite é 3.150 quilos (150 cabazes, quando aplicável).

PremiumFórum Oceano alerta para “revolução energética” do hidrogénio na China

A Associação portuguesa da Economia do Mar diz que dentro de duas semanas a China lançará, nos confins da Mongólia Interior, o maior projeto de produção de hidrogénio verde, fazendo disparar o mercado mundial de hidrogénio.

Quota de pesca de sardinha em Portugal sobe para 30 mil toneladas até novembro

Ministério do Mar diz que “poder-se-á fixar uma quota global para Portugal próxima das 30 mil toneladas, o que permitirá prorrogar esta pescaria até novembro, o que representa um crescimento muito importante (em 2020 foi fixada uma quota total de 12.700 toneladas)”.
Comentários