Rui Rio: “Se perder diretas acaba aqui” (com áudio)

“Acaba no congresso porque não fujo às responsabilidades. Mas depois é um ponto final parágrafo”, disse Rio à rádio nacional. 

Rui Rio
Tiago Petinga/Lusa

O líder do PSD admite que se perder nas eleições diretas que acontecem este sábado, não volta a entrar na lista de deputados. Em entrevista à “Rádio Renascença”, Rui Rio assegurou que se “perder as diretas acaba aqui”.

“Acaba no congresso porque não fujo às responsabilidades. Mas depois é um ponto final parágrafo”, disse Rio à rádio nacional.

Na mesma entrevista, a líder social-democrata considera ser “notório” ter “muito mais apoio nos portugueses e que Paulo Rangel tem mais apoio no aparelho do PSD”. “No meio ficam os militantes e na prática o que este resultado quer dizer é se a maioria dos militantes está mais ligada aos portugueses ou ao aparelho partidário”, esclareceu.

Abordando ainda as eleições legislativas a 30 de janeiro, Rio aponta que existe um desgaste do PS e que as condições para o PSD nas eleições “são muito mais favoráveis”.

Recomendadas

JE Notícias. Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo esta sexta-feira.

O Jornal Económico num minuto

O Jornal Económico desta semana já está disponível nas bancas de todo o país e na plataforma JE Leitor, para os nossos assinantes digitais.

Alemanha em mudança com foco no novo ministro das Finanças. Ouça o podcast “A Arte da Guerra” com Francisco Seixas da Costa

Do novo Governo da Alemanha ao divórcio entre eleitores e poder político na Argélia passando pelos conflitos entre Reino Unido e França com o Brexit pelo meio. Tensão é a palavra que marca esta edição do podcast do JE, que conta com a análise do embaixador Francisco Seixas da Costa.
Comentários