Ryanair deixa de voar entre Lisboa e Porto a partir de 25 de outubro

A TAP vai ficar a viajar sozinha entre as duas maiores cidades portuguesas. A Ryanair deixa de voar entre Lisboa e o Porto a partir de 25 de outubro.

A companhia aérea irlandesa Ryanair vai deixar de ligar o Porto a Lisboa a partir do próximo dia 25 de outubro, avança o ‘Jornal de Notícias’ esta quarta-feira, 18 de setembro. Após reduzir a ponta-aérea entre a rota no passado mês de abril, a ligação entre as duas cidades vai mesmo terminar.

Com este cancelamento, a viagem entre Porto e Lisboa passa a ser realizada apenas pela TAP. Apesar de a empresa irlandesa não ter divulgado um comunicado, foram os clientes a perceber a falta de passagens aéreas disponíveis para depois de novembro.

À publicação, a companhia low-cost admitiu que “por razões comerciais, a rota de Porto para Lisboa iria deixar de operar já a partir do dia 25 de outubro”. “É complicado crescer em Lisboa e abrir novas rotas, por isso tivemos de fazer opções. A rota doméstica Porto-Lisboa está servida por vários meios, pelo que achámos mais importante apostar em rotas para fora”, sustentou a empresa em março, quando foi anunciado o desinvestimento.

O presidente da Associação Comercial do Porto, Nuno Botelho, disse ao JN que “quando uma ligação se perde, a cidade fica sempre prejudicada, mas não é por isso que deixa de ser competitiva”. Com uma previsão de 13 milhões de passageiros no aeroporto Sá Carneiro para o presente ano, o fim da ligação entre Porto e Lisboa pode comprometer este número no fim do ano.

Relacionadas

Fisco não consegue obrigar Ryanair a passar faturas aos passageiros portugueses

Os passageiros portugueses passam por um “calvário” para tentar obter a fatura com o contribuinte, e “quase sempre” não conseguem obter a mesma, segundo o JN.

Turismo do Algarve: Fecho da base da Ryanair em Faro não afeta acessibilidade à região

O fecho da base da Ryanair em Faro em janeiro de 2020, anunciado na terça-feira, não vai pôr em causa a acessibilidade à região, disse hoje à agência Lusa o presidente do Turismo do Algarve, João Fernandes.

Ryanair vai encerrar base de Faro e despedir 100 trabalhadores, denuncia sindicato

A Ryanair comunicou hoje, em Faro, que vai encerrar a base naquele aeroporto em janeiro de 2020, e despedir cerca de 100 trabalhadores, embora mantenha os voos, revelou hoje à Lusa a presidente do sindicato dos tripulantes.
Recomendadas

Diretor executivo de tecnologia da Microsoft escolhido por Siza Vieira para a Transição Digital

O gestor da Microsoft Portugal foi o nome escolhido pelo ministro Pedro Siza Vieira para ocupar a nova secretaria de Estado, que terá como função dar à tecnologia um papel ativo na simplificação de processos.

Cerca de 60 pessoas em protesto contra o fecho dos CTT no Monte de Caparica

Cerca de 60 pessoas protestaram hoje contra o fecho do único posto de correios no Monte de Caparica, em Almada, no distrito de Setúbal, afirmando que vão “lutar até ao fim” para que permaneça na freguesia.

A senhora que se segue no Turismo é Rita Marques, atual CEO da Portugal Ventures

Rita Marques lidera a Portugal Ventures, entidade que resultou da fusão de três Sociedades de Capital de Risco em Portugal – AICEP Capital, InovCapital e Turismo Capital.
Comentários